Não podia dar certo

Acabei de ler “Revolução Paulista de 1932 – A História de um Combatente”, de Paulo Cunha Cintra, voluntário que serviu na tropa revolucionária, na região da Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba. O autor escreveu o livro a pedido dos netos, então é uma narrativa mais recente do que…

Continuar lendo