A polarização é imbecil

A polarização atingiu um tal patamar que até os atos absolutamente fora do nosso controle, os chamados “atos de Deus”, são atribuídos a um lado ou ao outro, dependendo de quem faz a acusação. Se o Brasil tivesse o sistema de proteção contra inundação da Holanda e acontecesse o que…

Continuar lendo

Maio de 1968

​[Crônica de 26 de maio de 1998​] Em maio de 1968, eu tinha quinze anos de idade. É impressionante como aos 15 anos nos consideramos crescidos e capazes de afrontar todos os perigos do mundo.Aliás, é impressionante como ao longo de boa parte da vida nos consideramos aptos a enfrentar…

Continuar lendo

Qual será o fim disso tudo?

O Brasil comemorou a aprovação da Reforma Tributária. Foi um passo importante para diminuir o cipoal tributário que governa nossas vidas, prendendo os 200 milhões de brasileiros numa teia à prova de fugas, que sufoca a nação com o regime fiscal mais insano do mundo. Na visão de parte da…

Continuar lendo

A crise perfeita

A crise perfeita é a crise que não acaba, que se reinventa, que tira sal da areia do rio e refaz o errado e o ruim que dão origem ao drama que replica a crise, como se fosse a primeira, de uma longa série que parece que se interrompe, mas…

Continuar lendo

Política é coisa séria

Política é coisa tão séria que um antigo cacique brasileiro disse com todas as letras: “em política só é feio perder eleição”. Ou seja, o negócio é ganhar e para isso vale tudo, de chute abaixo da cintura até dizer que as urnas eletrônicas não são confiáveis e podem ser…

Continuar lendo

Quando até a Venezuela tripudia

O mundo vai mal faz tempo. Nada de novo debaixo do sol, pelo menos desde que Helena fugiu com Páris e Menelau reuniu sua turma de gregos para trazer de volta a mulher que o abandonou. Interessante notar que o casal mais feliz, no fim da história, é justamente Helena…

Continuar lendo

Política

Hoje eu estou com você, sou seu secretário de estado, voto junto, juro fidelidade, vamos de braços dados pelas avenidas em defesa da democracia, e de noite vai cada um pra sua casa, comentar com os mais próximos os fatos do dia. O que cada um fala é problema de…

Continuar lendo

Eu também quero uma concessão

Eu também quero uma concessão. Pode ser qualquer uma, não sou exigente. Todas, tanto faz como, de uma forma ou de outra, dão dinheiro. Se der certo, maravilha! A concessionária competente segue em frente, explora o negócio e faz seu dinheirinho, no lucro esperado e conseguido. Afinal, ninguém investe para…

Continuar lendo

Política é para profissionais

Política é para profissionais. Quem achar que não vai quebrar a cara. Quem tiver a ilusão de que no Congresso Nacional tem bobo, com certeza vai se dar mal. Até os recém-chegados sabem que o assunto é sério, que dançar em Brasília é complicado e que ficar perto das paredes…

Continuar lendo

A Anistia que veio tarde

Eu conheci o Dr. Celso da Rocha Miranda em 1979, quando retornei da Alemanha e, por caminhos os mais estranhos, acabei sendo convidado por ele para integrar um grupo que deveria trazer seguradoras internacionais para atuarem no Brasil, associadas com a Companhia Internacional de Seguros. O Dr. Celso era o…

Continuar lendo