A liga duma amizade antiga

A manhã nasceu fria e chuvosa, o sítio da Candinha, em Guarulhos, perto donde hoje é o aeroporto, em 1971, apesar de ficar quase colado na capital, era a reencarnação do fim do mundo. Molhados, com o corpo doendo, depois de dormir numa barraca para dois, atravessada pela enxurrada que…

Continuar lendo

Os prazeres proibidos

Existem entre as atividades humanas algumas que devem apenas dar prazer. Sem entrar no longo capítulo das atividades naturais que proporcionam no mínimo um extraordinário bem estar, toda uma fila de ações e reações foi desenvolvida para fazer mais gostosa a vida do homem. Entre elas existem as que provocam…

Continuar lendo

Maré

A vida corre como as ondas que se formam no fundo do mar e avançam ao longo do dia em direção à praia. Algumas batem nas pedras, outra vagam por águas tão profundas que se perdem, misturadas aos mistérios das profundezas, aonde chegam menos do que um leve marulho. Outras…

Continuar lendo

De bicicleta pela cidade

São Saulo, nos fins de semana, se torna a pista ideal para andar de bicicleta. Muito embora suas ruas não tenham sido projetadas para isto, já que a bicicleta, apesar de antiga na história do homem, só entrou na moda por aqui há poucos anos, os carros que circulam permitem…

Continuar lendo

Gente que faz

São Paulo é uma cidade dura, que segue em frente levando no lombo vitoriosos e derrotados com a mesma indiferença com que há 470 anos se espalha pelo planalto, largando para trás, abandonados ou em ruínas, bairros que nos seus dias foram os melhores da cidade. São Paulo não para,…

Continuar lendo

Pra não se decepcionar

Se você não quer se magoar ou se decepcionar, não ajude alguém esperando gratidão. Faça se você quiser, não porque o outro vai ficar agradecido, mas porque você quer fazer. Invariavelmente, quem vai lhe jogar lama, pasme! é justamente quem você ajudou, esperando gratidão ou contrapartida. Faça o que você…

Continuar lendo

Pina 2022

Fazia tempo que não ia à Pinacoteca do Estado. No domingo de Páscoa fui. A Pinacoteca me hipnotiza desde sempre. Começando pelo prédio, que para mim é dos mais bonitos, se não o mais bonito, da cidade. A região da Pinacoteca é especial. Além dela, temos o Museu de Arte…

Continuar lendo

Perpétuo Socorro

A igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é dessas igrejas que a gente conhece desde que nasceu e por isso entrar nela é como entrar na casa de um parente querido, o qual, pelas voltas da vida, se fica um tempo sem ver. Igreja típica de bairro de classe…

Continuar lendo

O quase adeus às gravatas

Durante décadas eu usei diariamente uma coleira chamada gravata. Nunca achei graça no enfeite, mas, como tinha que usar, escolhia gravatas bonitas e de boa qualidade, o que faz que eu tenha até hoje gravatas, com mais de dez anos, com cara de novas. Eu me orgulho, dentro da minha…

Continuar lendo

As conversões impossíveis

Eu não sei como elas começaram, mas o fato é que vão se intensificando numa velocidade alucinada, como a que maioria dos carros gostaria de desenvolver pelas ruas de São Paulo. Mas se os carros não conseguem andar como gostariam, aumentando sempre mais a sua velocidade, o número de conversões…

Continuar lendo