As rodoviárias

Promessa e castigo. Sonho e desilusão. Vida, acima de tudo vida, correndo, na chegada ou na partida de um ônibus para qualquer destino. A nós, que importa o roteiro, se não estamos nele, nem viemos, nem vamos, agora ou depois. Mas quanto de poesia tem na plataforma escura aonde chegam…

Continuar lendo

A vida é a vida, o resto é enfeite

  A vida não é fácil para ninguém. Se a vida fosse fácil, não seria vida, seria filme de amor com final feliz. E, mesmo estes, antes do final feliz, trazem uma série de situações dramáticas em que os namorados quase se separam, antes do grande “happy end”, com todos…

Continuar lendo

A percepção da cidade

Nessa grande metrópole, o que falta é a colaboração de todos Em muitos bairros de São Paulo, os moradores estão tendo a sensação de que as coisas pioraram, as ruas estão mais escuras, o policiamento diminuiu e o matagal invadiu as praças locais. Também as calçadas estão mais esburacadas, bem…

Continuar lendo

O urubuporto

Enquanto máquinas maravilhosas voam pelo céu da cidade, decolando, pousando, cruzando a malha urbana com seus rotores barulhentos, um prosaico urubu descansa manso, como quem não quer nada na vida, num urubuporto improvisado no alto de um poste, na beira da ponte da Cidade Universitária. Se avião tem aeroporto e…

Continuar lendo

Bom dia

  Se a pandemia tem um lado positivo, com certeza é a mudança de postura de grande parte das pessoas andando nas ruas. Faz tempo que, em minhas caminhadas, eu cumprimento as pessoas com um singelo bom dia. Durante muitos anos, a maioria não respondia. Alguns fechavam a cara, muitos…

Continuar lendo

Triste de quem não sorri

Tem gente que ri fácil, da gargalhadas barulhentas, faz do ato de rir uma orgia, ou uma ópera bufa, como se rir fosse para estourar de sem fôlego, achando graça nas coisas, desde as menores até as maiores, começando pela seriedade do mundo. O mundo é menos sério do que…

Continuar lendo

Não voe alto

Até hoje eu me lembro de meu tio Alfredo Mesquita me dizendo, cada vez que eu ficava ansioso, querendo muito alguma coisa: “não queira muito porque um dia você consegue”. Para o jovem de mais ou menos 18 anos, querendo engolir a lua cheia num grande banquete, a frase não…

Continuar lendo

É bom ser feliz

Todo mundo tem o direito de tentar ser feliz. Quem sabe seja o mais fundamental de todos os direitos humanos. O direito a felicidade é inalienável, intocável, e, como dizia um ex-ministro, imexível. Ninguém tem o direito de mexer no direito do próximo ser feliz. A felicidade não é uma…

Continuar lendo

São partes da cidade

  As tipuanas, as sibipirunas, os ipês, as azaleias, as patas de vaca, os manacás e as quaresmeiras são parte da cidade. Assim como as paineiras, as figueiras e os paus ferro também o são. Por incrível que pareça, as jaqueiras fazem parte da cidade e, como elas, os abacateiros…

Continuar lendo

Felicidade

  A felicidade existe, sim. “É uma árvore toda arreada de dourados pomos, mas nós não a alcançamos porque está apenas onde a pomos, e nunca a pomos onde nós estamos”. Sábios versos de Vicente de Carvalho. No mais das vezes, é assim mesmo. Entre nós e a felicidade vai…

Continuar lendo