A vida tem pegada

Há muito tempo que eu tenho saudade da época que ser herói era fácil e reformar o mundo uma mera consequência. A vida corria mansa, razoavelmente protegida contra suas agruras e mantida num nível bom primeiro por uma mesada generosa e depois pela chance de começar cedo, amparado por boas…

Continuar lendo

A difícil tarefa de conciliação

Nem todos conseguiram se adaptar ao home office e para muitas empresas esse é um caminho sem volta Se antes da pandemia o sonho de muitos era trabalhar em casa, para alguns isso se tornou um pesadelo. Segundo pesquisa feita pelo Centro de Inovação FGV-SP, 56% das pessoas entrevistadas disseram…

Continuar lendo

A névoa

A névoa é marca registrada de São Paulo. Ou melhor, a neblina era marca registrada da cidade. Mas a neblina tradicional, aquela que era densa de quase ser cortada com faca, acabou faz tempo. Foi substituída por uma névoa que normalmente nem de longe lembra o cenário de filme de…

Continuar lendo

Dia das mães

Que dia é o dia das mães? Será que um mero domingo de maio seria suficiente para representar todos os mistérios que o mistério da maternidade traz dentro dele? Será que as sensações de toda uma vida, ou mais ainda, de toda uma razão de ser, se limitam ao carinho…

Continuar lendo

Três em um

  Certos dias de inverno, este ano, estão conseguindo o impossível. Juntam três características diferentes dos dias de três estações diferentes e nadam de braçada, atenuando as dores e sofrimentos da pandemia, que não dá sinais de querer ir embora. Mas se ela fica e cobra em vidas uma fatura…

Continuar lendo

Alguns dias de inverno

A rotina dos dias é fantástica. Mesmo parecidos, não há dois dias iguais. Podem ser no máximo semelhantes e, ainda assim, para você e não para mim, ou vice-versa. Mas existem dias que são especiais, se não para todo mundo, para quase todo mundo. E alguns deles são dias de…

Continuar lendo

O legado que a COVID-19 deixará

Em meio aos caos, sempre há as boas lições que podem transformar a nossa sociedade Se olharmos por outro ângulo, tudo tem o lado bom. Se por um lado a pandemia fez milhares de vítimas, dizimou empregos, levou muitos à falência e mexeu com a psique individual e coletiva, por…

Continuar lendo

Antes é cedo, depois é tarde

  Chora mais quem pode menos. A regra é antiga como o mundo e quem duvida dela acaba chorando, porque nessa vida não tem perdão, quem não aprende paga pelo erro e paga caro, dependendo da situação. Todos têm sua hora e sua vez, já dizia Augusto Matraga, que encontrou…

Continuar lendo

O barulho dos aviões

  Ao longo dos últimos meses, a cidade descobriu uma nova forma de escutar o dia, uma forma mais silenciosa e amigável, como se os ruídos infernais que fazem da vida uma loucura nunca tivessem existido. A primeira redução foi a do trânsito. De repente, as pessoas perceberam que o…

Continuar lendo

Outro lado da festa

Toda festa tem dois lados. Um bom e outro que pode não ser tão bom. Por exemplo, a ressaca no dia seguinte. Ou uma batida de automóvel. Ou um comando da polícia, parando o bêbado na ponte, pouco antes de chegar em casa. São situações que tiram alguma graça de…

Continuar lendo