Ano estranho

No mínimo, 2020 está sendo um ano estranho ou diferente de qualquer outro ano dos últimos cinquenta anos. Uma forma de vida insignificante recolocou o ser humano no seu devido lugar e isso foi devastador. Sentir todo seu poder de dono do planeta ser desafiado e vencido por um vírus…

Continuar lendo

Meus netos e os bombeiros

  Não conheço ninguém que na infância não tenha sido fã dos bombeiros. Salvar vidas, combater o fogo, colocar-se em risco para salvar a vida dos outros tornam os bombeiros heróis, os defensores do bem e do certo, cavaleiros andantes das lutas justas por um mundo melhor e mais solidário….

Continuar lendo

Compreensão

  Você disse que não, eu disse que sim. As duas posições são opostas, mas isso não quer dizer que tenhamos que brigar por causa delas. Cada um é cada um e a grande maravilha da democracia é dar o direito de cada um ser cada um, independentemente do que…

Continuar lendo

Psicologia de elevador

Elevadores são máquinas fantásticas. Há os do bem, os do mal e os indiferentes, que deveriam ser a maioria, mas ninguém tem certeza sobre isso. De qualquer forma, não existe outro lugar melhor para se analisar o comportamento humano. E ele varia de forma impressionante, ainda mais quando a pessoa…

Continuar lendo

Um retrato brasileiro

O Butantã tem alguma coisa de samba do crioulo doido e de miniatura do retrato do Brasil. A praça da casa do bandeirante não se chama praça da casa do bandeirante, chama-se praça Monteiro Lobato, numa homenagem muito menor do que o homenageado, que, pela obra infantil, se fosse americano,…

Continuar lendo

O vizinho chato

Por que será que em todo condomínio, mais dia menos dia, aparece um condômino chato, metido a esperto e querendo levar vantagem em tudo? É uma situação infernal, que, normalmente, até amansar a fera leva tempo e desgaste, além de uma dose grande de amolações de todos os tipos, desde…

Continuar lendo

Debaixo da ponte

A população sem casa de São Paulo tem crescido. Cada vez mais, mais pontes estão sendo ocupadas por mais famílias que não têm outro lugar para morar. É viaduto, pontilhão, ponte mesmo. Tanto faz, cada vão está sendo ocupado por gente que não quer tomar chuva, nem buscar auxílio nos…

Continuar lendo

Uma cidade é feita por gente

A razão de ser de uma cidade é abrigar pessoas. É verdade que no passado existiram cidades sagradas cuja missão era abrigar deuses, mas elas sempre foram minorias. A razão de ser de uma cidade é dar guarida ao ser humano. Portanto, o negócio da cidade é ser amigável, receber…

Continuar lendo

A água no reino da felicidade

  Na escola nós aprendemos que a água é essencial ao surgimento da vida. Sem ela, dizem os cientistas, não há como a vida surgir e se desenvolver. Além disso, sem ela, o ser humano morre em poucos dias. Morrer de sede deve ser apavorante. Não que as outras formas…

Continuar lendo

As ruas mais escuras

É curioso acompanhar o processo, mas dependendo do bairro, algumas ruas vão ficando mais escuras, como se houvesse uma tentativa de recuperar as noites coloniais, quando a lua cheia era a melhor iluminação e a lua nova fazia alegria dos namorados. Não sei de quem foi a ideia, mas em…

Continuar lendo