Às vezes a vida fere

Viver é tocar em frente no ritmo das marés. Nós vamos e voltamos, ao sabor do destino, que não presta a menor atenção no que achamos, nem no que fazemos, mas que se impõe com a dureza da evolução da vida, rumo a um futuro que ninguém conhece, que ninguém…

Continuar lendo

Caminho sem volta

  Quando eu era menino, se ia para Santos por dois caminhos: a Via Anchieta, moderna, com curvas e túneis que permitiam altas velocidades – a permitida era 80 quilômetros por hora, inclusive na serra -, ou o velho Caminho do Mar, uma das estradas mais bonitas e complicadas que…

Continuar lendo

As árvores

Eu amo as árvores em geral. Qualquer “pé de pau”, até o mais feio e mais fraco mexe comigo. Seja um tronco carbonizado e retorcido no meio de um pasto queimado, seja uma árvore coberta de folhas e flores, seja um arbusto insignificante tentando ocupar algum espaço, as plantas me…

Continuar lendo

Helicópteros

  Não há dúvida, os helicópteros são uma das grandes invenções do século 20. Com sua mobilidade e capacidade de voo semelhante à dos beija-flores, o helicóptero está apto a realizar as mais impressionantes manobras, para o bem e para o mal. Leia também: Nos céus de São Paulo Se, de…

Continuar lendo

Otimismo dos empresários brasileiros

Pela pesquisa feita pela PwC, ele está acima da média mundial Globalmente, os empresários brasileiros estão mais otimistas do que os de outros países. Pelo estudo global da consultoria PwC, “Family Business Survey 2021”, 78% das empresas familiares brasileiras preveem crescimento já neste ano, percentual que ficou em 65% entre…

Continuar lendo

Reabilitações pertinentes

  Em época de quebra de paradigmas seculares que enaltecem o preconceito e a intolerância, me parece extremamente importante a revisão de termos que nunca levaram os que os usam a pensar sobre a origem da expressão e se ela realmente representa um retrato fiel da realidade. Por exemplo, quantas…

Continuar lendo

Nó de gravata

Cada vez mais eu uso menos gravata. Depois de décadas submetido ao martírio infernal de uma coleira de pano presa no pescoço, cheguei naquele ponto em que é possível deixar a tortura de lado, para andar mais à vontade, especialmente dentro do escritório. É evidente que não tem jeito de…

Continuar lendo

Getúlio Peron Salazar Franco

  Getúlio Peron Salazar Franco (nome fictício) mora na rua. Não tem casa, não tem apartamento, não tem dormitório, nem acolhimento da prefeitura ou de quem quer que seja. Não tem porque ele não quer. Getúlio Peron Salazar Franco gosta de morar na rua. Está nessa situação porque quer. Se…

Continuar lendo

Previna-se de golpes

Megavazamento de dados expõe a nossa vulnerabilidade Recentemente, o Brasil registrou o maior vazamento de dados de sua história. Foram 223 milhões de pessoas atingidas, incluindo físicas e jurídicas, o que supera a população brasileira. Foram roubados cerca de 223 milhões de CPFs, 40 milhões de CNPJs e mais de…

Continuar lendo

Que vai mudar, vai

  A pandemia não vai acabar amanhã, nem depois de amanhã, nem no mês que vem, nem no outro. Ela ainda vai longe, no Brasil e no mundo, com chances bastante concretas de ser mais comprida no Brasil. Ainda vai ter muita dor, muito sofrimento e muita irresponsabilidade passando debaixo…

Continuar lendo