Tragédia urbana

Tua indiferença tem algo de trágico. Ela já não se comove com a vida que te rodeia, nem sente pena, ou vergonha. Tua indiferença apenas te faz viver como um zumbi, uma máquina sem coração, que anda pelas ruas da cidade, distante de tudo e de todos. Pouco, muito pouco…

Continuar lendo

Os opostos são iguais

Não há nada mais parecido com um radical de esquerda do que um radical de direita. Vamos começar na primeira metade do século 20. O que é mais parecido com um comunista do que um nazista? Não são iguais? Foram sócios, como ficou provado no pacto entre Hitler e Stalin,…

Continuar lendo

O preço do progresso

O preço do progresso é mais barulho na sua orelha. Tanto faz o que digam, com o progresso vem o barulho, seja aéreo, marítimo ou terrestre. De uma forma ou de outra, o barulho chega, entra na sua vida, faz parte do ambiente, inferniza o ambiente e segue firme e…

Continuar lendo

Lamento de um ex-opala

– Oi, você que está me vendo e imaginando o que eu faço rodando no meio da rua, carcomido pela ferrugem, sem cor definida, sem segurança nenhuma para os meus passageiros e para os outros. – Pois é, no passado, eu também fui um carro, o mais moderno que tinha,…

Continuar lendo

Maio amarelo deveria ser todo mês

Maio acabou e, com ele, o movimento Maio Amarelo. O Maio Amarelo é um movimento de conscientização para as mazelas do trânsito brasileiro. Este ano, quem sabe em função de todos os desmandos que correm soltos pela pátria amada, o movimento teve pouca visibilidade. Não se falou muito sobre este…

Continuar lendo

As forças armadas estão aí

As Forças Armadas estão aí, exatamente dentro das atribuições que a Constituição determina para elas. Nem mais, nem menos. Muita gente tem escrito, mais gente ainda tem falado, mas o fato concreto e importantíssimo é que as Forças Armadas até agora não fizeram um movimento ou emitiram uma declaração fora…

Continuar lendo

Vanessa dos Santos

Quando tudo parece caminhar para o buraco, quando as alternativas se dividem entre o ruim e o péssimo, sem análise ou julgamento de qual o pior, o Brasil surpreende e surge do meio do Capão Redondo, meio que fora da curva, Vanessa dos Santos, para mudar tudo e dar ao…

Continuar lendo

E o povo que se dane

É ano de eleição e, como dizia Dr. Ulisses, em eleição, a única coisa feia é perder. O governo sabe disso e sabe também que o voto dos funcionários públicos é importante para encher as urnas e garantir um resultado favorável. Até agora o governo dizia que não daria reajuste…

Continuar lendo

Insegurança geral

O que era uma possibilidade concreta se transformou numa certeza empírica e científica. Era óbvio que a pandemia, a crise e o desemprego levariam ao aumento da violência. E é isso que está acontecendo. Quer dizer, foram duas no cravo e nenhuma na ferradura. A violência está correndo solta no…

Continuar lendo

Aleitamento materno

O metrô de São Paulo, aliás, como todos os metrôs do mundo, é um lugar fascinante, com uma vida própria que borbulha como se estivesse fervendo, dando um clima e uma cor toda especial aos seus corredores e túneis. Os tipos que andam por lá, a fila das pessoas querendo…

Continuar lendo