A explosão do verde

O verde cresceu, se impôs e tomou conta da cidade. Ou pelo menos parte dela, onde sua cor, em diferentes tons, quebra a tristeza do cinza que se espalha no ar e se estende pelos muros. É impressionante a força com que a natureza se refaz e como ela se…

Continuar lendo

A igreja de Santa Terezinha

A igreja de Santa Terezinha não é antiga, nem bonita, nem importante para a vida da cidade. Igreja de bairro, ela fica na rua Maranhão, em Higienópolis, e parece muito mais uma igreja de cidade do interior do que uma importante igreja urbana, o que, aliás, ela não é. A…

Continuar lendo

A cidade indiferente

A cidade pode ser terrível. Pode ser má e cruel como nenhuma mulher é capaz ou um homem ousaria sonhar. A cidade pode ser dura e injusta… e ela é, e não se importa. Qualquer grande cidade vive os milhões de vidas que a compõem, pulsando em suas ruas o…

Continuar lendo

Solidão das ruas

As ruas das grandes cidade são cheias. Gente vai de um lado para o outro…sem olhar para o lado, sem olhar que vai e quem volta, como se fosse a única pessoa andando pela calçada. As ruas das grandes cidades são movimentadas, têm barulho, camelôs, vendedores de promessas e milagreiros…

Continuar lendo

A cidade tem vida própria

As cidades são corpos com vida própria. Traçam seu destino na soma de todas as vontades e todos os sonhos de todos os moradores. É um caldo denso e sólido, que alimenta a malha urbana e a faz se expandir ou encolher, conforme o resultado desta soma impossível, mas real,…

Continuar lendo