Outros carnavais

Os marcos da cidade de São Paulo, dos blocos de rua às escolas de samba Não é a primeira vez que o carnaval é cancelado no Brasil. Em 1892, motivado pelo lixo gerado pelo evento, o ministro do interior mudou a data para 26 de junho, a população não aceitou…

Continuar lendo

Carnaval mais esquisito

  É carnaval. Mas cadê os blocos, cadê as escolas de samba, a festa correndo solta, regada a alegria, pinga, cerveja e o mais que descer pela garganta ou poluir os pulmões? Cadê a festa comendo solta desde sexta-feira passada? Cadê a multidão nas ruas de Salvador? Nas avenidas do…

Continuar lendo

Por que telefone não faz mais trim?

Quem tem a minha idade se lembra dos telefones pretos, que eram praticamente os únicos que existiam no mercado. Lembra também do tempo que demorava pra fazer um interurbano e como era complicado falar no telefone. Por outro lado, lembra com saudade que normalmente as casa tinham uma única linha…

Continuar lendo

As surpresas agradáveis

De repente, você telefona para alguém com quem nunca teve uma proximidade maior e descobre, pela festa que ele faz, que você é querido. É uma surpresa agradável, aliás, muito agradável, e que fica melhor ainda quando você telefona para outro alguém com que você também não tem tanto contato…

Continuar lendo

Por que às vezes é tão difícil?

Por que às vezes é tão difícil se comunicar? Se fazer entender, explicar de forma clara o que se quer dizer e o outro entender? A palavra faz a diferença entre o homem e os outros animais. Pelo menos dizem que é assim e que graças a palavra criamos um…

Continuar lendo

Refém do caos

  O Brasil é, faz tempo, refém do caos. A bagunça institucionalizada faz parte do dia a dia da nação e se manifesta em todos os campos, todas as atividades, todas as situações, todos os níveis, todas as esferas e todos os sonhos que se transformam em pesadelo. Dizia o…

Continuar lendo

As distâncias entre as distâncias

Qual a maior distância entre as distâncias? A que vai do começo ao fim? A que vai do fim ao começo? Do big bang ao infinito? Da eternidade de Deus à consciência humana? Qual a maior distância? A que ninguém percorreu? A que não é ao menos imaginável? Será que…

Continuar lendo

Em política, feio é perder

  Não me lembro qual foi o cacique da política brasileira que disse que, em política, a única coisa feia é perder. Não tenho certeza se o Presidente leu ou ouviu falar nisso, mas como animal político que é, compactua com o pensamento do velho líder. Em política, a única…

Continuar lendo

São Paulo ganha um portal interativo

Dados sobre a violência no Estado reunidos em um único lugar Como o objetivo de fornecer mais transparência para as estatísticas de segurança pública sobre violência e criminalidade no Estado de São Paulo, recentemente, o Instituto Sou da Paz lançou a sua nova plataforma: Sou da Paz Analisa – Dados…

Continuar lendo

Político não é tudo igual

  Por conta dos maus exemplos, o cidadão comum tem o hábito de medir os políticos pela mesma régua. E é injusto. Ninguém duvida ou discute: a fama é consequência das notícias na mídia, dando conta dos maus feitos de parte dos homens públicos que não prezam a coisa pública,…

Continuar lendo