Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Guarujá fora da temporada

Podem dizer o que quiserem, mas Guarujá fora de temporada ainda é dos melhores lugares do mundo.

Especialmente as praias de Pitangueiras e dos Astúrias, com sua areia branca, compacta e perfeita para se andar nelas.

Poucas praias têm a consistência das areias destas duas. Próximo do mar elas são firmes, enquanto mais para cima, afofam, sem se tornarem moles demais.

Mas não é só a areia que faz a diferença. Ainda que com prédios de todos os tamanhos e desenhos tomando o horizonte do lado do continente, a vista das praias continua linda.

Seu formato em arco aberto, não chega a formar uma baia, mas a curva que se alonga entre os morros do Maluf e dos Astúrias, com as pedras do Sobre as Ondas mais ou menos no meio, e a ilhota da Pombeva em frente, cria um cenário deslumbrante, encontrado em poucas praias brasileiras.

Elas são praias típicas do litoral paulista, desde a consistência e a cor da areia, até a cor das águas, invariavelmente, mais para verdes, que fica mais nítido quando as ondas se levantam e correm não muito longas, antes de quebrar.

Mas não é só a beleza em volta – que nas temporadas é submergida pelo povo – que justifica a diferença. Mais vazias, as praias ficam muito mais agradáveis, sem brigas para colocar os guarda-sóis, ou trombada com outras pessoas.

O espaço cresce e a sensação de liberdade cresce com ele. Ainda mais se o dia está azul e o céu promete um sol não já tão quente, mas gostoso e amigo para queimar de leve quem está debaixo dele.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.