Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Todo dia é dia das mães

 

Todo dia é dia da mulher. Chova ou faça sol, todo dia, sem exceção, todo dia é dia da mulher. É a mulher que ilumina a terra, que abre a vida, descobre o sol e traz a beleza para alegrar o dia.

É a mulher que abre o corpo para o mundo e captura na brisa o cheiro de terra molhada, o cheiro de maresia, que ela entrega na rosa que se abre.

Leia também: As mulheres são muito mais fortes

É ela que conhece os caminhos do amor, da entrega e da conquista, do contato dos corpos e da fusão das almas.

É a mulher que tem no espírito a certeza do amanhã, da busca pelo alimento, da casa limpa e da mesa farta.

É ela que sabe os segredos do lar e o milagre que transforma a morada no lar. É a mulher que enfeita e dá caráter ao lar.

Só ela sabe todos os segredos escondidos em cada fresta. Só ela tem o remédio que cura todas as dores, só ela sabe a medicina que acalma o corpo e relaxa a alma.

Nascer mulher é belo, belo como o corpo da mulher, que é a forma mais bela e mais doce criada pela natureza.

Em seus vales e montes suaves o homem encontra descanso, encontra a paz.

E encontra o amor e o amor faz a mulher ser mãe. Ser mãe não é mais nem menos do que ser mulher. Ser mãe não é mais nem menos especial. Ser mãe é um estado da mulher.

Uma experiência que se materializa na geração de uma vida nova, no deslumbramento e na luta diária para dar um futuro para a nova vida.

Leia também: Todo dia é dia da mulher

Ser mãe é entrega constante, é renúncia, mas também é soma, fusão, incorporação e descobrimento. É viver duas vidas ao mesmo tempo.

Ser mãe é ser mulher de uma outra forma. Nem mais nem menos do que as outras formas. Apenas uma forma diferente. Ser mãe é ser mulher. Por isso, todo o dia é dia das mães.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

 

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.