Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

São partes da cidade

 

As tipuanas, as sibipirunas, os ipês, as azaleias, as patas de vaca, os manacás e as quaresmeiras são parte da cidade. Assim como as paineiras, as figueiras e os paus ferro também o são.

Por incrível que pareça, as jaqueiras fazem parte da cidade e, como elas, os abacateiros e algumas mangueiras, pra não falar nas espatódias e nas palmeiras de várias espécies.

Leia também: Ruas de uma cidade antiga

Os sabiás fazem parte da cidade. Os tico-ticos, os bem-te-vis e as rolinhas fazem parte da cidade. As pombas fazem parte da cidade, assim como os quero-queros, os gaviões e os urubus, que sobrevoam São Paulo como planadores preguiçosos aproveitando as correntes de vento.

As capivaras, as centenas de capivaras soltas nas margens dos rios, fazem parte da cidade. E a onça parda e a onça pintada também fazem parte da cidade, como os esquilos e os milhões de ratos que infestam os esgotos.

Pasme: os saguis fazem parte da cidade, como outros micos e bugios que vivem nas margens das periferias, próximos das matas onde se escondem, se for preciso.

Como eles, as ruas e avenidas fazem parte da cidade. E os viadutos, deteriorados ou não, também fazem parte da cidade.

Os edifícios e os barracos fazem parte da cidade. Os papelões estendidos na calçada debaixo do Minhocão fazem parte da cidade.

Leia também: Uma cidade é feita por gente

Os taxis e os entregadores de aplicativos fazem parte da cidade. E os ônibus e o Metrô também fazem parte da cidade. Assim como os trens e os milhões de carros particulares e os caminhões novos e os não tão novos que empesteiam o ar e que também fazem parte da cidade.

A cidade é múltipla e diversa, é ampla, geral e irrestrita. Se espalha feito um polvo e toma as terras e as almas, porque este universo é dela.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.