Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

A lua cheia no céu

A lua cheia é um fenômeno natural que se repete a cada mês, por conta do ciclo da lua e seus movimentos em volta da terra e da terra em volta do sol.

Satélite natural, corpo de luz fria, morto e sem atmosfera, a lua seria apenas um enorme bloco de rochas comprimidas pelas forças cósmicas e pela gravidade da terra em contraposição às forças do universo.

Mas a lua é também um momento de rara beleza, quando surge de trás das nuvens calmas onde se esconde para aumentar o impacto do seu show. Sua dança no céu, erguendo-se dona da noite, para apagar as estrelas e mostrar que quem manda é ela.

Ou seria quem sabe a chave que abre a noite para todas as possibilidades imagináveis, de sonho e realidade, no rastro claro de seu brilho arrancando das águas adormecidas as jazidas brilhantes de suas minas de prata.

A lua é promessa, deusa antiga, sonho, esperança e mistificação. É o que poderia ser, mas não é. Ou é o que não é, podendo ser. É a versão da farsa do poeta contada ao contrário. Uma estrofe na enorme saga do começo e do fim das coisas. Um soneto na eternidade das noites.

A lua é o que quiserem e um pouco mais. E a lua cheia é mais que as outras luas, pelo menos na moldura do céu, onde brilha impressionante em todas as estações do ano.

Mas se a lua é tudo isso ela é também – pouca gente sabe – meu presente mais secreto para deixar teu coração feliz. Meu encantamento para esconder o feio do mundo de teus olhos cansados.

Minha promessa de circo de cavalinho. De brincadeira de mágica. Mas acima de tudo, a prova do meu amor.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.