Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

São Paulo de todos os paulistanos

Quem são os paulistanos? Os que nascem aqui ou os que moram aqui por livre escolha? Porque ser paulistano vai além do lugar do nascimento. Passa pela vontade de morar nesta cidade incrível, nesta fábrica de loucos maravilhosa que é maior cidade da América do Sul.

A definição de paulistano vai além da cidade em que se mora. Vai além do espaço físico percorrido diariamente, vai além de achar seja lá o que for a respeito da metrópole.

Ser paulistano é uma opção lúcida e clara por mais que um lugar, um modo de vida. Por mais que aceitar, querer ser parte da vida louca e sem sentido, estúpida e violenta, neurótica e o mais que
quiserem, de quem vive em São Paulo.

É partir sabendo que a viagem tem volta. Que a casa pode ser em qualquer lugar, mas que o lar é aqui. Que as raízes estão aqui e são profundas e precisam deste solo – do alimento deste solo – como fonte de vida.

Ser paulistano é carma. Vontade cósmica impondo a vontade dos deuses à nossa própria vontade e nos fazendo aceita-la, e, mais ainda, querê-la.

Ser paulistano é sonhar uma vida melhor, uma cidade mais bem tratada e mais humana, com tudo de lúdico que estas ideias trazem, com o quase impossível contido nelas, mas com a vontade de lutar para fazer o sonho impossível real, quem sabe amanhã.

Ser paulistano transcende política, religião, time de futebol, opção sexual. Transcende profissão, estilo de vida, escala social e riqueza.

Ser paulistano é querer viver aqui, fazer a vida aqui e vencer, porque se são Paulo é cruel com quem perde, é generosa com os vitoriosos.

___
Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.