Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

O nosso querido Parque Ibirapuera

Em um ranking de 77 parques, ele é o melhor da cidade

Entre 77 parques avaliados, o Parque Ibirapuera foi considerado o melhor da cidade de São Paulo. O estudo feito pela Fundação Aron Birmann, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, analisou quesitos como infraestrutura básica, manutenção e manejo, segurança e serviços de gestão. Nesta edição, participaram os parques municipais e apenas um estadual, o Villa-Lobos. Para as próximas, mais parques estaduais farão parte do ranking e também os lineares, que são os de proteção de margens, córregos e rios.

Inaugurado em 1954, ocupando uma área de 1,584 milhão de metros quadrados na zona sul de São Paulo, o Parque Ibirapuera é um reduto de atrações para quem busca práticas esportivas, lazer e cultura. Ele abriga o Planetário, o Museu Afro Brasil (MAB), o Museu de Arte Moderna de São Paulo e o Museu de Arte Contemporânea. E até o dia 22 de março, os interessados podem conferir gratuitamente a exposição internacional “Da Vinci Experience e suas invenções”.

Por tudo o que ele nos oferece, pelo Indicador de Parques Urbanos de São Paulo 2019, ele foi avaliado como o melhor da cidade. O primeiro do tipo a ser realizado na cidade, levou em conta mobilidade urbana, acessibilidade, equipamentos esportivos, conservação da área verde, sinalização, atividades culturais e de lazer, entre outros. Depois do Parque Ibirapuera, os mais bem avaliados foram o Parque Villa-Lobos, o Parque Municipal do Povo e os Parques do Chuvisco e do Jardim Herculano.

A iniciativa da Fundação Aron Birmann e da Prefeitura de São Paulo tem como objetivo dar voz à população, para isso, será disponibilizado um aplicativo para que possamos dar opiniões, sugestões e até reclamarmos de algo pontual sobre os parques. A ideia é que essas informações sejam compiladas até o final deste ano e os resultados apresentados no próximo ano. Para nós que frequentamos os parques da cidade, a expectativa é que cada vez melhore esses espaços tão precioso.

O que precisa melhorar nos parques da cidade? Compartilhe:

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.