Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Abertura gradual dos parques

Em todos eles há restrições e também de horários para os frequentadores

Há exatamente um mês, deu-se início à abertura gradual dos parques de São Paulo. Dos 107 parques municipais existentes na cidade, 70 foram reabertos ao público e mais 13 estaduais com uma série de medidas restritivas. A começar que eles só podem abrir de segunda-feira a sexta-feira, das 10 horas às 16 horas, exceto o Ibirapuera e o parque do Carmo, que passaram a funcionar entre 6 horas e 16 horas. Já o zoológico, o Zoo Safari e o Jardim Botânico são os únicos que podem abrir as suas portas aos fins de semana.

Os parques da cidade fazem parte da rotina dos paulistanos. É neles que praticamos atividades físicas ou simplesmente contemplamos a natureza. Para muitos de nós, o período em que eles permaneceram fechados foi um grande contratempo. Mas a boa notícia é que a grande maioria deles já está com as suas portas abertas, claro que com uma série de medidas restritivas, como não poderia deixar de ser.

Entre elas, as atividades em grupo foram proibidas, mas os frequentadores podem praticar atividades individuais, como caminhadas, ciclismo e corridas, desde que sigam os protocolos de distanciamento e higiene. Outra medida foi restringir a capacidade dos parques a 40%, a fim de evitar aglomerações.

Em alguns deles, círculos nos gramados foram pintados, com cerca de 2,5 metros e 3 metros de diâmetro, a fim de manter o distanciamento entre as pessoas, a exemplo do parque Ibirapuera. A iniciativa da abertura dos parques mostra que a vida pode voltar ao normal, desde que as medidas de restrições sejam respeitadas.

Você frequenta algum parque? Compartilhe:

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.