A garça solitária

São Paulo é a cidade do imprevisto, do inusitado. Aqui as coisas acontecem sem pedir licença, causando o máximo de espanto no mínimo de tempo. Tudo é possível. Até o impossível. Assim, não poderia ser diferente com o céu da cidade. Nele também teria que acontecer o improvável, se não…

Continuar lendo

Os sabiás de madrugada

Tem quem goste, tem quem não goste. E tem quem queira matar os sabiás desembestados cantando de madrugada. A vida é assim, nem todo mundo gosta do que o próximo gosta. E a riqueza da vida é exatamente esta, como perguntava o antigo comercial: o que seria do verde se…

Continuar lendo

A natureza e a cidade

É impressionante como a natureza se adapta aos novos ambientes, às vezes até com enormes vantagens sobre a situação anterior. É o caso das aves na cidade de São Paulo. Quando eu era menino o que mais voava por aqui eram pardais, vindos de Portugal, que estavam acabando com os…

Continuar lendo