Moda

O mundo gira no ritmo da moda. Se é moda é moda, se não é moda, está fora da moda. Tanto faz a lógica ou outras razões sobre o assunto. É assim e acabou. Que importa se a música é um lixo? É a música da moda, então, está na…

Continuar lendo

Tem certas luas

  Tem certas luas que vão além de uma imagem bonita, iluminada pela dona da noite, tanto faz em que ciclo. De lua nova a quarto minguante, a lua, em certas noites, ultrapassa o que é esperado dela para se transformar em obra de arte natural, mais bela do que…

Continuar lendo

O que importa é o reverso do verso

Que me importa se é verdade que uma lua de Júpiter pirou e começou a dar cambalhotas, mudando o eixo em mais de 80 graus? Ou que cientistas enxeridos descobriram que em 1860 uma Supernova explodiu dentro da Via Láctea? Que me importa o movimento dos astros, exceto pela influência…

Continuar lendo

A revolução do povo

  Pelas razões mais diversas, a Revolução de 1932 tem sido contada de várias maneiras, muitas delas completamente fora da realidade e distante do que aconteceu em São Paulo a partir da Revolução de 1930 e da forma como o estado foi tratado pela ditadura de Getúlio Vargas. Leia também: 1932…

Continuar lendo

Três em um

  Certos dias de inverno, este ano, estão conseguindo o impossível. Juntam três características diferentes dos dias de três estações diferentes e nadam de braçada, atenuando as dores e sofrimentos da pandemia, que não dá sinais de querer ir embora. Mas se ela fica e cobra em vidas uma fatura…

Continuar lendo

Alguns dias de inverno

A rotina dos dias é fantástica. Mesmo parecidos, não há dois dias iguais. Podem ser no máximo semelhantes e, ainda assim, para você e não para mim, ou vice-versa. Mas existem dias que são especiais, se não para todo mundo, para quase todo mundo. E alguns deles são dias de…

Continuar lendo

A volta dos pernilongos

  Durante meses, os pernilongos andaram desaparecidos da vida da cidade. Seu zumbido insuportável e enlouquecedor sumiu dos ouvidos de milhões de paulistanos acostumados com o inferno das noites mal dormidas, ao som da sinfonia “unicafone”, bizum, bizum, bizum. E das picadas que coçam para completar o cenário de tragédia….

Continuar lendo

A Pandemia não foi embora

  Apesar de todos os pesares, a verdade é que a pandemia não foi embora. O coronavírus segue firme e forte na sua marcha, levando todos os dias mais de mil pessoas. A pandemia não foi embora, a vacina ainda não chegou, a cloroquina não funciona, o vermífugo não funciona,…

Continuar lendo

Cemitérios e igrejas

Todo país tem seus cultos, seus ritos, suas tradições que o fazem único, com particularidades apenas de seu povo, ainda que semelhantes às de outras nações com as mesmas bases históricas, morais ou religiosas. Muita formalidade para uma crônica? Não, na medida em que os usos e costumes, as tradições,…

Continuar lendo

Revisitando Santo Antonio

A igreja de Santo Antonio é das mais antigas da cidade. Sua história remonta ao século 16, logo no começo da vila, quando chegou a ser Sé, ainda que provisória. Depois entrou em decadência. Tão acentuada que a imagem do santo foi transferida para a igreja de São Francisco, lugar…

Continuar lendo