Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

A água no reino da felicidade

 

Na escola nós aprendemos que a água é essencial ao surgimento da vida. Sem ela, dizem os cientistas, não há como a vida surgir e se desenvolver. Além disso, sem ela, o ser humano morre em poucos dias. Morrer de sede deve ser apavorante. Não que as outras formas de morte sejam agradáveis, mas morrer de sede deve ser apavorante.

A composição da água é H2O e ela tem como principal característica não ter cheiro, gosto ou cor. Pelo menos num ambiente ideal, como um laboratório hermeticamente fechado e sem contato com o mundo exterior.

Leia também: Uma água é uma água, a outra é outra

No mundo real não é bem assim e no reino da felicidade eterna é mais diferente ainda. A água é monopólio de uma empresa que tem como objetivo captar, tratar e fornecer água para a população. E, do outro lado do tubo, deveria também tratar o esgoto, antes de devolvê-lo à natureza.

O reino da felicidade eterna é um lugar mágico, onde os pernilongos voam aos bilhões, a distribuição de energia é precária, a internet que você contrata não é a internet que você recebe, o trânsito é um desastre, o transporte público vive com problemas e, como não poderia deixar de ser, para fechar o quadro, a água que você recebe não é a água dos manuais de química que você estuda nas escolas.

A água no reino da felicidade eterna tem o dom de sumir nos canos. Pode parecer incrível, mas da quantidade gigantesca de água captada para abastecer a população, uma parte mais do que significativa fica pelo caminho, some nos canos, ou melhor, nos vazamentos de todos os tamanhos que são a regra e se mantém desde o começo dos tempos.

Leia também: Água faz bem

A água do reino, normalmente, parece leite desnatado, tem gosto ruim e tem cheiro. Mas agora resolveram inovar – e a alternativa é aterradora. A água que sai dos canos, quando sai, porque às vezes sai ar, assusta. Tem uma nova cor… agora também é terrosa, e ninguém sabe se faz mal à saúde.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.