Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Os aviões estão voltando

 

Durante os últimos meses, vários barulhos capazes de infernizar a vida sumiram ou diminuíram muito. Até agora o zumbido constante, que é a marca registrada da cidade, está mais baixo, quer dizer, mesmo o trânsito voltando, ainda está mais manso do que era antes da pandemia, o que dá a falsa sensação de que a CET se tornou competente. Não é verdade. A CET continua tão incompetente quanto sempre foi. Ou até mais.

A quantidade de semáforos desligados, piscando ou de alguma forma tentando enganar o próximo é inédita na nossa história e só confirma a incompetência da CET no trato do trânsito, que só não está pior porque os marronzinhos sumiram, o que é bom para todo mundo.

Leia também: Passarada

Voltando ao tema, alguns barulhos diminuíram muito, ou praticamente sumiram, como aconteceu com o ronco das turbinas dos aviões. Durante meses, a falta do barulho dos aviões passando pelo corredor do Rio Pinheiros fez diferença no ouvido das pessoas.

Alguns se sentiram aliviados, outros sentiram falta, cada um reagiu de uma maneira diferente, de acordo com suas manias, neuroses, hábitos ou simples implicância.

De qualquer forma, a falta do barulho dos aviões decolando e pousando em Congonhas é um fato novo e desestruturante na vida da cidade. Alterou a rotina e a percepção da realidade.

Estudiosos, historiadores, sociólogos, psicólogos, psiquiatras e curiosos em geral vinham se debruçando sobre o tema e seus impactos na vida da comunidade. A falta do barulho das turbinas quebrou as referências espaciais, modificou as percepções.

Leia também: O som dos aviões

Graças a Deus, os aviões estão voltando a pousar e decolar de Congonhas. Quanto mais melhor. Santo barulho que leva a loucura, mas consolida a certeza da volta à normalidade. Isso não tem preço.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.