Tenha pena de nós

Meu Deus, por favor, tenha pena de todos os brasileiros que penam no inferno em que tentam transformar esta terra abençoada, onde, desde o começo, como disse Caminha, em se plantando, tudo dá. Tenha pena de cada um de nós que sai de casa de manhã cedo e só volta…

Continuar lendo

Tem muita gente boa

O Brasil corre solto nas mãos de gente da pior espécie, muito mais interessada no próprio umbigo do que no bem comum, numa sociedade mais justa e igual, com chances para todos, saúde, educação e trabalho dignos, capazes de gerar uma sociedade dinâmica e moderna, baseada na meritocracia e não…

Continuar lendo

Nas trevas das ruas

O que será que está por trás das trevas das ruas paulistanas? Não o que está escondido nas ruas e nas suas quebradas, porque isso quase todo mundo sabe que são os assaltantes e os bandidos mixurucas, que precisam das trevas para se esconder e assaltar quem passa perto. Não…

Continuar lendo

O Enem com a cara do governo

O grande comandante declarou que o Enem está ficando com a cara do governo. Poucas vezes uma afirmação esteve tão correta. O pedido de demissão coletiva de mais de trinta técnicos encarregados de aplicar o exame, pouco antes da data, mostra que realmente o exame está carimbado com a marca…

Continuar lendo

O abismo social

Sábado é o Dia da Consciência Negra, mas em apenas uma ano, aumentou em quase 30% a taxa de registros de casos no racismo no País e as diferenças sociais são grandes No próximo sábado é comemorado o Dia da Consciência Negra. A data foi oficializada por uma lei de…

Continuar lendo

É difícil entender

A grande vantagem da democracia sobre os regimes totalitários é que na democracia todos podem falar o que quiserem, se não ferir a lei. Falar o que quiser não é xingar o outro, nem pregar o ódio ou incitar a luta armada para derrubar o governo. A liberdade de expressão…

Continuar lendo

A cidade indiferente

A cidade pode ser terrível. Pode ser má e cruel como nenhuma mulher é capaz ou um homem ousaria sonhar. A cidade pode ser dura e injusta… e ela é, e não se importa. Qualquer grande cidade vive os milhões de vidas que a compõem, pulsando em suas ruas o…

Continuar lendo

Morando na rua

Ninguém, ou praticamente ninguém, em sã consciência, escolhe morar na rua, passando frio e tomando chuva, debaixo de uma marquise, na porta de um prédio, mal protegido pela estrutura de uma ponte. No entanto, a cada dia que passa, mais e mais pessoas, mais e mais famílias, seguem o caminho…

Continuar lendo

Vergonha do que estão fazendo com o Brasil

Não, positivamente, eu não tenho vergonha de ser brasileiro. Ao contrário, ser brasileiro me enche de orgulho. Orgulho de um país bom, onde as pessoas vivem, nem sempre como deveriam, uma vida razoavelmente digna. Onde os preconceitos são mais brandos do que em outras nações. Onde pessoas de todas as…

Continuar lendo

Frio de rachar

Não sei a origem da expressão “frio de rachar”, mas o frio que fez a semana passada foi de rachar. Fez frio como manda o figurino, de deixar passarinho encolhido no galho e cachorro encostado no fogão de lenha, nas casas da roça. Quatro graus em São Paulo. Alguma coisa…

Continuar lendo