O tapete inesperado

Eu e a Clotilde saímos de casa para dar nossa caminhada na Cidade Universitária. Entramos na USP e seguimos pela avenida que contorna a raia olímpica, o novo lar das capivaras, que se multiplicam em velocidade impressionante, sem inimigos naturais para controlar a população. Como minha sugestão de soltar duas…

Continuar lendo

Briga de foice no escuro

Tem quem ache que a vida das plantas é fácil, que é florir, esperar todo mundo dizer OH! e tocar em frente, sem outra preocupação que gerar os frutos e espalhar as sementes para garantir uma improvável reprodução. Não, não é assim que as coisas giram. É mais complexo e…

Continuar lendo