Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Salomão Schvartzman

Salomão Schvartzman foi um dos mais competentes entrevistadores da televisão brasileira. Durante anos, ele entrevistou vários dos mais importantes nomes da cena brasileira, passando da política às artes, sem esquecer nenhum segmento.

Mas Salomão era mais do que um entrevistador. Bem mais! Jornalista competente, foi durante anos o homem do grupo Manchete em São Paulo.

Profundo conhecedor de música clássica, seu programa na Rádio Cultura abriu o fascinante mundo dos grandes compositores e instrumentistas para milhares de pessoas que de outra forma não teriam acesso a eles. Com ele descobri o “Concerto Triplo” de Beethoven.

Leia também: Cinco tios importantes 2

Cronista, suas crônicas levadas ao ar pela Rádio Cultura marcaram época e serviram de modelo para vários escritores e aprendizes de escritores.

Homem altamente civilizado, Salomão era ainda por cima grande entendedor e colecionador de vinhos.

Conheci Salomão Schvartzman na década de 1990, quando lancei meu primeiro livro, apresentado por Paulo Bomfim, que lhe pediu que me entrevistasse para falar do livro.

Leia também: Paulo Bomfim 1

Daí pra frente, a amizade cresceu e tive o privilégio de conviver com ele com mais ou menos regularidade até pouco antes de sua morte. A última vez que nos falamos ele me telefonou para perguntar notícias do poeta.

Salomão era inteligente, muito inteligente; culto, muito culto; esperto, muito esperto; irônico e divertido.

Almoçar com ele era um prazer. Navegando pelos mais diversos assuntos, sua conversa era sempre rica, gostosa e divertida. Quando nos reuníamos, ele, Paulo Bomfim e eu, eu tinha aulas grátis de vida, filosofia, arte e beleza. Conviver com ele com certeza me fez melhor.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.