Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Cabelos brancos

 

Matéria publicada recentemente dá conta de que a ciência provou que o stress é uma das causas dos cabelos brancos. É uma informação relevante, especialmente para os fabricantes de loções capilares e tinturas para o cabelo. Agora está cientificamente comprovado que é só torcer para o governo caprichar para se ter base para o lançamento de campanhas para o aumento do stress e garantir o resultado dos balanços.

O mundo dos negócios é duro, cruel e recompensador para os vitoriosos. Quem chega lá compra carro importado, casa na praia, mansão em condomínio, barco, avião e até helicóptero.

Leia também: E a lama entra em cena

Com a informação de que o stress é uma das causas dos cabelos brancos é de se esperar uma forte investida rede-social no sentido de se conseguir um lugarzinho no novo nicho.

Não sei se milhares de pessoas entrarão de peito aberto na nova avenida aberta pela ciência, na qual o brasileiro tem o auxílio inestimável de todas as instâncias de governo e do poder público, mas é de se esperar que capitalizem em cima da ideia.

Quanto mais stress, mais cabelos brancos. A nova descoberta traz uma força extraordinária para uma verdade que já tem dois vetores fantásticos.

Leia também: Relógios

Ninguém pode negar: cabelo branco chega com a idade. E cabelo branco chega por causa da herança genética.

São dois fatores inafastáveis e que já eram suficientes para impulsionar a indústria de corantes para o cabelo, desde o velho e surrado acaju, até cores modernamente deslumbrantes como o azul de metileno, verde musgo atlântico selvagem e vermelho fogaréu morro acima.

Para nós, que temos cabelos brancos, é um alívio saber que parte deles está aí por causa do stress. A diversidade das fontes é muito importante.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.