Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

O sol continua brilhando

 

O dia amanheceu radioso. O sol brilha forte, não tem uma nuvem no céu e o azul do céu de outono se impõe absoluto, dono do quadro, como que numa montagem impressionista para comemorar a natureza em festa e as primeiras paineiras floridas.

Leia também: Ah, o sol

O sol quer que a pandemia se dane, não é problema dele. Depois, o que é um vírus contra a força irradiante da estrela que nos dá vida? Precisa bem mais que um coronavírus para enfrentar a força, o calor, a energia emanada de nossa estrela de quinta grandeza, mas mesmo assim imensa, dona do céu, da rota de nosso planeta, do que acontece ou não acontece aqui embaixo.

O coronavírus é problema nosso, como os pulgões são problema das plantas. Cada um com seus problemas e, neste contexto, não é problema do sol se um vírus está se espalhando e matando um animalzinho pretensioso, que se acha feita à imagem e semelhança do Criador.

O problema é este: nós mentimos tanto e por tanto tempo que nos convencemos de que éramos feitos à imagem e semelhança de Deus. Não somos.

Leia também: O sol e a peneira

O sol sabe disso, a natureza sabe disso, Deus sabe disso, mas nós insistimos no filme e, de tanto passar e repassar a mesma história, esquecemos que era só um filme e que, de verdade, somos apenas mais um no reino animal de um planeta perdido num canto do universo, iluminado por uma estrela intensamente amarela, que nos dá vida e nos permite viver num canto menor da obra divina.

Tem quem diga que poderíamos viver em paz, de bem com todos, mas, se fosse assim, não seríamos o ser humano. Não foi assim, nem pra isso, que a natureza nos fez como somos.

É outono. No céu intensamente azul o sol brilha. Bom dia.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.