Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

A insistência leva a perfeição

Não existe a perfeição humana, mas é possível se aproximar dela. Uma das melhores maneiras de se fazer isso é treinar. Treinar sempre, com afinco, dedicação, sem medo de errar, sem medo de ser feliz.

A prática leva à perfeição, ou próximo dela. E o treinamento obsessivo é a prática levada ao seu estágio mais alto. Quer dizer, próximo da perfeição.

Tem gente que leva o princípio a sério nos esportes, outros nos negócios e outros, no trânsito.

Ninguém corre cem metros rasos em 9 segundos se não treinar muito. Se não der o sangue, se não suar a camiseta.

A mesma coisa no mundo dos negócios. Nenhum empresário, ou melhor, nenhuma empresa sobrevive muito tempo se não conhecer seu ramo, se não for melhor que a concorrência.

Mas o ponto alto é o trânsito. É nas ruas de São Paulo que o perfeccionista encontra o espaço ideal, a situação sob medida, o clima para treinar e ficar melhor ainda.

Tentativa e erro? Não. Insistência, treinamento, dedicação integral ao ofício de fazer amanhã melhor do que hoje.

Cada esquina é o palco. Cada cruzamento a pista. Cada semáforo amarelo a chance de ganhar na bolsa.

E o atleta das ruas se dedica. Se entrega de corpo e alma ao nobre esforço de atrapalhar cada vez mais o pouco que sobra de sanidade na cidade.

Seu rumo é a vitória, na batida feia, no para-choque amassado, no pedestre atropelado ou, simplesmente, no congestionamento sem tamanho que ele cria fechando o cruzamento.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.