Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Moda

O mundo gira no ritmo da moda. Se é moda é moda, se não é moda, está fora da moda. Tanto faz a lógica ou outras razões sobre o assunto. É assim e acabou.

Que importa se a música é um lixo? É a música da moda, então, está na moda e é ela que é legal.

Legal, nossa que termo velho, mais fora de moda. Agora é massa ou Mara. Ou qualquer outro termo criado neste momento e condenado ao desaparecimento nos próximos 5 minutos.

O que é, é. Moda é moda. Sempre foi assim, desde os tempos bíblicos. Veja o cabelo e as roupas, de acordo com os modelitos do cinema. Sansão é Sansão, com cabelos longos e cacheados. Dalila é Dalila, de vestido comprido e enormes fendas nas laterais. E qualquer gladiador usa sempre um saiote curto e generoso decote na armadura, para mostrar o peito do galã.

Calça de preguinha, hoje é out. Nada mais brega. Os modelos de calça masculinas agora são retos e lisos, como os caminhos do Senhor. Daqui alguns anos, muda tudo de novo. Voltam as pregas e as calças lisas serão o fim do mundo. Até lá, dane-se quem gosta de calça com prega e não liga pra moda. No Brasil, não tem.

E isso vale para tudo. Veja as bocas das mulheres. A quantidade de “Angelinas Joly fake” aumenta exponencialmente, com doses cavalares de botox ou sei lá o que engordando lábios originalmente mais finos que corte de navalha.

Não tem jeito e não está errado. Se não fosse assim seria tudo muito sem graça. O único problema é se posicionar dentro do show. Ter noção de ridículo para não faze papel de bobo.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.