Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Feliz ano novo

Primeiro de janeiro de 2021. Feliz ano novo! Que tudo se realize no ano que está nascendo. Muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender. Amém, amém, amém!

Que ao longo de 2021 as coisas sejam mais simples do que foram em 2020. Que o vírus seja domado e a vacina funcione, mais uma vez, e outra, amém!

Leia também: Amanhã é ano novo

Que as pessoas não abusem das férias, que as pessoas acreditem que o vírus não foi embora, que ele está aí e a vacina ainda está chegando.

Não é hora de dar mole. Não é hora de fazer graça. Não é hora de bancar o corajoso. Neste começo de ano novo, vamos ter calma, ponderação e paciência, muita paciência para esperar o mau tempo passar e o sol da saúde voltar a brilhar.

Feliz ano novo a cada um de vocês! Que a vida se realize em milhões de momentos mágicos, olhos nos olhos, mãos nas mãos, felizes, leves e intensos como a felicidade deve ser.

Que a doença, a morte e a dor fiquem longe, que não batam na sua porta e que a alegria e a fartura compareçam todos os dias, com uma rosa nas mãos e flores do campo nos cabelos.

Que cada momento possa ser melhor que o momento anterior e que as dificuldades do mundo fiquem esquecidas em 2020, ano estranho que está indo embora para nunca mais voltar.

Leia também: Para muitos, o ano só começa depois do Carnaval

Que 2021 chegue num cavalo branco galopando pela praia e que a espuma do mar jogada para cima se transforme em gotas de felicidade distribuídas entre todos nós.

Que neste ano vivamos intensamente todos os momentos especiais que a vida nos reserva. Que amanhã e depois e sempre a felicidade continue nas nossas casas, com saúde, alegria, fartura e prosperidade.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.