Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Home Office

 

Tem quem veja nele uma forma de matar trabalho, de não se fazer o que se espera que os trabalhadores façam. Mas não é nada disso. A verdade é que o home office funciona e veio para resolver a vida de milhares de empresas e milhões de pessoas.

Antes da pandemia, as empresas em geral e os escritórios em especial eram contra o home office. Eram contra porque eram contra. Nunca tinham feito experiências mais consistentes do que o casual day nas sextas-feiras.

Leia também: Home office veio para ficar

Não tinham nenhuma evidência concreta sobre o que aconteceria se seus colaboradores trabalhassem em casa. Mas parecia lógico renderem mais nos escritórios, então, vamos em frente, o trabalho presencial é a regra indiscutível. Todos têm que chegar de manhã cedo e bater ponto para mostrar que estão lá.

Com a pandemia não foi questão de querer ou não querer, foi home office ou nada e a decisão teve que ser rápida, porque o fechamento das empresas e o isolamento social não permitiram outra solução.
Do dia para a noite, milhares de pessoas passaram a trabalhar em casa e surpresa das surpresas! Deu certo!

Leia também: Uma nova relação com a casa

Não houve queda do rendimento, não houve gente matando serviço, não houve tudo de ruim que se imaginava que aconteceria quando um número muito grande de colaboradores não comparecesse presencialmente no escritório da firma.

Daí pra frente, a surpresa se transformou em certeza. Empresas e escritórios de todos os portes estão convencidos de que o home office é a melhor solução e estão dispostas a manter permanentemente boa parte de suas equipes trabalhando à distância. Depois da pandemia, o mundo vai ter outra cara. Ninguém tem dúvida de que o home office será um dos pontos marcantes, um diferencial entre o antes e o depois da pandemia.

 

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.