Eu preciso de você

Às vezes, a gente faz coisas, fala coisas que machucam o mais fundo da alma de quem a gente ama, de quem a gente nunca sonhou em ferir, e que, no entanto, num momento tolo, num momento que não deveria existir, de absoluta irreflexão, acaba ferindo fundo e se arrependendo….

Continuar lendo

O véu rasgado

A cimitarra da lua rasgou o véu da noite e abriu a caixa dos segredos felizes, guardada no mais escuro do céu. Antes que um anjo pudesse fechá-la, alguns segredos fugiram, se aventurando em viagens tão fantásticas e tão várias como a rota para Aldebarã, ou para a intrometida do…

Continuar lendo

A cor da música

A música sai fazendo voltas em cores que se espalham na brisa que não sopra. Toma a sala, entra em cada canto, ocupa todos os espaços, lentamente, como uma cobra hipnotizada pelo som da flauta de um faquir. Suave, fala dos anjos que voam pelos céus, levando em suas trombetas…

Continuar lendo

Lamento de um ex-opala

– Oi, você que está me vendo e imaginando o que eu faço rodando no meio da rua, carcomido pela ferrugem, sem cor definida, sem segurança nenhuma para os meus passageiros e para os outros. – Pois é, no passado, eu também fui um carro, o mais moderno que tinha,…

Continuar lendo

Dia do meio ambiente

Dia do meio ambiente deveria ser igual ao dia da mulher. Todo dia é dia da mulher, então todo dia é dia do meio ambiente. Mas isso é na teoria. Na prática, o dia do meio ambiente é igual ao dia da mulher. Nem todo dia é dia da mulher,…

Continuar lendo

Dizer e fazer

Como é fácil dizer! Simplesmente afirmar qualquer coisa e deixar as coisa como estava, como se nunca tivesse sido dita, como se a afirmação não houvesse sido feita. O duro é dizer e fazer. A rapidez com que as pessoas se esquecem que disseram que fariam é impressionante. De um…

Continuar lendo

A idade do amor

Qual é a idade do amor? Será que o amor mais profundo, o que dói mais, acontece por volta dos dezoito anos? Mas, e o amor que veio antes, que foi a descoberta do amor, e que fez cair a primeira lágrima aos treze? Será que ele não era amor?…

Continuar lendo

Compra a prestação

O papo corria solto, empurrado pela vista deslumbrante que se descortinava da janela da venda. A serra, imensa e deslumbrante, se estendendo até onde os olhos alcançavam, ajudava a conversa jogada fora, entre o seu Zezinho, o dono do bar, a Paula e a sua amiga, que era a dona…

Continuar lendo

O tempo e a felicidade

O tempo passa. Passa para mim, passa para você, passa para nós. Mas a passagem do tempo pode ser boa. A passagem do tempo pode nos ensinar coisas que fazem a vida mais gostosa. Gestos que nos fazem mais próximos, coragem que nos faz mais verdadeiros. O tempo passa. Passa…

Continuar lendo

Vanessa dos Santos

Quando tudo parece caminhar para o buraco, quando as alternativas se dividem entre o ruim e o péssimo, sem análise ou julgamento de qual o pior, o Brasil surpreende e surge do meio do Capão Redondo, meio que fora da curva, Vanessa dos Santos, para mudar tudo e dar ao…

Continuar lendo