Pina 2022

Fazia tempo que não ia à Pinacoteca do Estado. No domingo de Páscoa fui. A Pinacoteca me hipnotiza desde sempre. Começando pelo prédio, que para mim é dos mais bonitos, se não o mais bonito, da cidade. A região da Pinacoteca é especial. Além dela, temos o Museu de Arte…

Continuar lendo

A Casa do Bandeirante de manhã cedo

A praça Monteiro Lobato é um lugar calmo, com árvores grandes e bonitas, perto da marginal do Pinheiros. Sem ser muito grande, a praça ocupa um quarteirão do Butantã, olhando de frente a avenida ensandecida e o rio assassinado, que o projeto Pomar tenta salvar. Toda arborizada com algumas paineiras…

Continuar lendo

Parece que começou

Parece que começou. Que finalmente rasgaram a fantasia e colocaram as eleições nas ruas. O festival de boçalidades e falta de senso comum atinge patamares absurdos dia após dia e não há nada que indique que pode haver um limite para tanta falta de vergonha na cara, de compostura, de…

Continuar lendo

São Paulo é São Paulo

São Paulo é São Paulo, tanto faz o lado, o enfoque, a vontade ou a falta de vontade. São Paulo é São Paulo, não tem o que fazer. De manhã, de tarde, de noite, a hora que for, São Paulo é São Paulo e você estará sempre dentro de uma…

Continuar lendo

Tomadas e jabuticabas

Entre suas muitas peculiaridades, o Brasil tem algumas absolutamente imbatíveis em qualquer comparação com outros países. Como dizia um ex-Ministro da Fazenda, no Brasil até o passado é incerto. Mas isso também acontece em outros países. É ler um pouco da história da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas para saber…

Continuar lendo

A origem está no começo

Quem sabe a origem dos traumas e dos sonhos que movimentam as cidades? Quem sabe o que está por traz de uma metrópole, por que ela se transformou em metrópole, enquanto sua irmã e rival parou no tempo, adormecida por outros sonhos que não levaram-na a lugar algum? Quem sabe…

Continuar lendo

Cem anos da semana

A Semana de Arte Moderna de São Paulo está completando cem anos. Criticada pelos não-paulistas, a crítica para eles tem razão de ser. Com ela, São Paulo toma o protagonismo carioca e muda o eixo cultural do país, na trilha das reformas sociais que movimentavam a vida do Estado, puxada…

Continuar lendo

RMSP tem 750 mil casas em áreas de risco

Novamente, as fortes chuvas acederam o alerta de que essa situação é insustentável Todos os anos, a história é sempre a mesma. As fortes chuvas atingem as cidades no verão, colocando em risco a população mais vulnerável que vive em moradias impróprias, principalmente em encostas de morros e margens de…

Continuar lendo

O esperto

Durante séculos a grande praga que impediu o Brasil de andar pra frente foi a saúva. A mesma saúva que, chamada de “fire ant”, vai atrapalhando a vida dos norte-americanos, que tiveram a sorte de só travar contato com estes bichinhos simpáticos nas últimas décadas. Pois nós as temos desde…

Continuar lendo