Um elogio inusitado

Mais ou menos cinquenta anos atrás, uma tia dizia que marido e funcionária a gente não elogia, principalmente para a melhor amiga. Eu sei que elogiar é a melhor forma de entrar areia na catravanca e dar pau na birimbela. Mas tem momentos em que o elogio é merecido e…

Continuar lendo

Medo de caixa eletrônico

Confesso que tenho vários medos. tenho medos metafísicos e físicos, sendo que os primeiros, apesar de mais terríveis, atualmente, me incomodam menos do que os segundos. Que me importa se o céu pode cair na minha cabeça, ou se depois da morte pode não haver nada? Que me importa se…

Continuar lendo

Verdinho, o meu primeiro carro

Está fazendo cinquenta e um anos que eu ganhei meu primeiro carro. Foi logo depois de entrar na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, o único vestibular que democraticamente meu pai me deixou fazer, aos dezoito anos, no final de 1970. Tinha duas opções: de manhã e de…

Continuar lendo

Um avanço impressionante

Nunca na longa história do homem sobre a terra o tempo passou tão depressa como nas últimas décadas. O novo de ontem é velho hoje e o novo de hoje já é velho daqui a pouco. A rapidez com que o mundo andou pra frente assusta e a tendência é…

Continuar lendo

Aniversário da sequela

Para quem acha que a covid19 é brincadeira, estou comemorando um ano de sequela. Quer dizer, de brincadeira não tem nada. Está certo que, perto das alternativas possíveis, eu sou uma pessoa de sorte. Minha sequela é a perda do olfato. Depois de ter covid19 assintomática, mas assintomática mesmo, tive…

Continuar lendo

Avenida Paulista, 130 anos

A Avenida Paulista completou, no fim do ano passado, 130 anos de idade. Ela é a avenida com a cara da cidade. Pelo menos, o paulistano gosta de imaginar isso. Na prática, não é bem assim. Numa média por baixo, São Paulo é bem diferente da Avenida Paulista. No mínimo,…

Continuar lendo

O São Paulo precisa mudar

Ano novo, vida nova. Ou pelo menos deveria ser assim, mas nem sempre é. Eu ainda não engoli o que o São Paulo Futebol Clube fez no ano passado. Sessenta e nove anos de vida, mais de sessenta acompanhando futebol e o São Paulo como time do coração, não me…

Continuar lendo

Ícone de São Paulo fecha as suas portas

Depois de 42 anos, o hotel Maksoud Plaza encerra as suas atividades e novos empreendimentos ocuparão o local Referência de luxo e o primeiro hotel cinco estrelas da cidade de São Paulo, o Maksoud Plaza foi inaugurado em 1979 e recebeu muitas celebridades, entre eles, os príncipes Rainier e Albert,…

Continuar lendo

Os pássaros do verão

Quem acorda de madrugada na primavera e acorda de madrugada no verão, sabe que os pássaros que cantam de madrugada na primavera não são os mesmos que cantam nas madrugadas do verão. Dizem que a noite foi feita pra gente dormir. Só que de vez em quando nos esquecemos disto…

Continuar lendo

A capela da fazenda

Eu fui um menino com muita sorte. Cresci tendo a fazenda da família como quintal e isso fez muita diferença. É por isso que nesse mês de junho, mês de frio e dos namorados, me lembro da capela da fazenda, encravada no alto de um morro íngreme, pequena e singela…

Continuar lendo