Mês da conscientização sobre a segurança no trânsito

O Brasil está longe de ser uma referência e amarga uma triste posição no ranking mundial Em 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou a “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, com o objetivo de envolver governos de todo o mundo para se comprometerem a tomar medidas para…

Continuar lendo

Bruno Covas

Os mistérios da morte são insondáveis. A grande pergunta é o que tem depois dela… Será que tem, será que não tem vida depois da morte? Será que somos o que somos e depois o pó retorna ao pó e tudo se acaba? Será que estamos de passagem? Somos semente?…

Continuar lendo

Os primeiros ipês dão as caras

Entra ano, sai ano, é a mesma coisa. Um belo dia, de repente, sem aviso nenhum, você dá de cara com um ipê roxo florido. É o primeiro que você vê e, como acontece sempre, você se deslumbra com a florada maravilhosa. Os ipês sabem que são especiais. Não que…

Continuar lendo

Maio, o topo do mundo

Maio é o pico do outono, o mês que os dias ficam mais azuis, várias árvores estão floridas e, por causa da pandemia, o ar está mais limpo, deixando os dias, já intensamente azuis, mais azuis ainda. Sessenta anos atrás, os pastos nativos ficavam pintados de bordô, com o capim…

Continuar lendo

Revisão do Plano Diretor Estratégico

Prefeitura lança um portal para a participação da sociedade e a Frente São Paulo Pela Vida defende o seu adiamento O Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo (PDE) foi criado em 2014, tem validade até 2029, porém, pela própria lei que o criou, ele passará por uma revisão…

Continuar lendo

As terras das ordens mais antigas

Quem olha o Centro Velho de São Paulo nota que as ordens religiosas ocupam os melhores espaços. A razão para isso é simples: elas chegaram cedo e requisitaram as terras onde se instalaram quando a cidade era menos que uma currutela e a população muito religiosa. Os primeiros foram os…

Continuar lendo

A chegada dos imigrantes

59Pouca gente sabe, mas quando o ciclo da imigração para São Paulo ganhou volume e rapidez, a cidade tinha menos de 30 mil habitantes. É isso. Por volta de 1870, São Paulo não tinha 30 mil moradores. E no começo do século 20 já beirava os 300 mil. O dado…

Continuar lendo

Ruas e avenidas

São Paulo é um ninho de cobras se espalhando pelo planalto. São milhares de quilômetros de ruas e avenidas correndo em todas as direções, num emaranhado mais ou menos organizado, que segue a reboque da marcha da cidade em vez de pautar seu desenvolvimento. É assim desde o começo. Nenhum…

Continuar lendo

Outono é outono

Com ou sem mudanças climáticas, outono é outono. Pode variar um pouco mais ou um pouco menos, mas o fato absoluto, direto, irrefutável é que os meses de outono têm como grande diferença a cor do céu. O céu do outono é mais azul, mais profundo e isso já é…

Continuar lendo

O Itamarati fechou

  O Restaurante Itamarati, um dos clássicos do Centro Velho, lugar com mais de meio século de histórias de todos os tipos, de uma simples visita para comer uma omelete a discussões filosóficas dramáticas, envolvendo nomes maiúsculos da vida brasileira, o restaurante não deu conta da crise e fechou as…

Continuar lendo