Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Natal

 

É Natal, mas não tem grandes encontros, não tem grandes comemorações, não tem Papai Noel entrando pelas casas e – ho ho ho – abraçando as crianças. Papai Noel faz parte dos grupos de risco. Papai Noel não pode sair de sua casa no Polo Norte, nem voar em seu trenó puxado por renas, nem entrar pelas chaminés das casas e apartamentos sem chaminés onde vivem a maioria das crianças dos dias de hoje.

Natal estranho para fechar um ano estranho. O que será que a criança na manjedoura está pensando disso tudo? Dois mil e vinte anos depois, numa conta errada, porque roubaram muitos anos do calendário, o que será que o menino santo estará pensando dessa festa diferente, com as crianças trancadas em casa e os mais velhos trancados em casa e os mais velhos ainda esperando a vacina que promete lhes prolongar a vida?

Leia também: É quase natal

Natal virtual será Natal? A pergunta não quer calar. Será que encontro à distância, por uma tela de telefone, é encontro de verdade? Será que vale na contagem dos anos que cada um de nós tem para viver nessa terra?

O grande presente se chama vacina. Quem trouxer a vacina mágica que espanta o coronavírus será o herói nacional, o super homem, senhor da galáxia e da vontade e do amor dos fãs.

Pode mais quem chora menos. Nas casas grandes, nos grandes apartamentos o Natal hoje é diferente. Mas nas casas pequenas e nos apartamentos sociais o Natal também é diferente.

Leia também: Os encantos da Árvore de Natal do Ibirapuera

Os shoppings estiveram cheios, a vida esteve cheia, a 25 de Março e o Braz estiveram lotados, mas o Natal deste ano é diferente. A distância é sua marca e, na distância reduzida pela tela do telefone, a solidão cresce, ainda que façamos de conta que não.

Feliz Natal de 2020. Que o grande presente, o maior presente, seja o Natal de 2021 ser como o Natal sempre foi.

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Crônicas da Cidade vai ao ar de segunda a sexta na Rádio Eldorado às 5h55, 9h30 e 20h.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.