O final da obra

O incêndio do Museu Nacional é o topo da obra prima que foi deliberadamente montada no Brasil e que, ao longo dos últimos governos, destruiu o país sem dó nem piedade, especialmente dos mais pobres. Diz a lenda que durante a Segunda Guerra Mundial alguém perguntou a Winston Churchill por…

Continuar lendo

Granja a céu aberto

São Paulo é uma cidade fascinante. Aqui tudo é possível, tudo é factível, tudo pode ser o inverso do que deveria ser, mas não é, porque é o inverso do que poderia não ser, e por aí vamos, com noves fora igual a zero. Entre o inusitado que move a…

Continuar lendo

Calçadas

As calçadas das cidades brasileiras não primam pela qualidade, nem pela conservação. Ao contrário, são um desastre para os pedestres em geral e para os portadores de necessidades especiais em particular. Algumas calçadas são tão apertadas que um cadeirante não consegue passar entre o muro e o poste. Outras são…

Continuar lendo

Certos radares e velocidades

Podem dar a explicação que quiserem, certas velocidades e os radares em seguida estão lá para encher o caixa do Governo do Estado. Quem disser que tem sentido subir a serra pela Rodovia dos Tamoios a 40 quilômetros por hora ou está brincando ou age de má-fé, o que é…

Continuar lendo

É na hora do aperto que você vê quem é quem

Meu pai dizia que, enquanto o presunto está pendurado na porta, sua casa está sempre cheia. O problema é quando o presunto acaba e não é reposto. Neste momento, as pessoas somem. Não sobra nem o cachorro vira-lata que se alimentava dos restos. A gente vai vivendo e vai descobrindo…

Continuar lendo

A idiotice ao alcance de todos

O que leva dois idiotas – evidentemente, além da idiotice – a picharem a fachada da frente da Igreja do Pátio do Colégio? A pergunta não é teórica. Aconteceu de verdade. Dois idiotas, de madrugada, picharam a fachada da frente do Pátio do Colégio. Não foi obra de amadores, nem…

Continuar lendo

Corrupção não é coisa nossa

Pode parecer incrível para muita gente, mas o Brasil não inventou a corrupção, não é o país mais criativo na matéria, nem é o campeão, em valores absolutos ou relativos. Não é verdade que a corrupção só existe nos países pobres ou em desenvolvimento. Não é verdade que os países…

Continuar lendo

Uma coisa é uma coisa, está na lei

É apavorante ler a decisão em que um Ministro do Supremo embasa seu voto na vontade do povo e não no texto da Constituição. É mais apavorante ainda perceber que S. Exa. se imagina dono da verdade ou porta-voz do Divino, decidindo sozinho e sem qualquer suporte, além da indicação…

Continuar lendo