Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Dia da Bandeira

O Brasil já teve treze versões de bandeiras, a cada mudança, um novo símbolo nacional foi criado

Símbolo máximo de uma nação, hoje é comemorado o Dia da Bandeira. A data foi instituída no dia 19 de novembro de 1889, no mesmo ano em que foi proclamada a República. A bandeira a qual conhecemos hoje foi projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos, com desenho de Décio Vilares, a bandeira do Brasil foi desenhada pelo pintor francês Jean Baptiste Debret. Ela é a última de treze versões de bandeiras que já existiram no país. Rica em símbolos, em cada detalhe há um significado.

A começar que a bandeira anterior tinha no seu centro um brasão com a imagem da coroa e da cruz, o que remetia ao Império. O brasão deu lugar a um círculo azul marcado com as estrelas, as mesmas do céu do Rio de Janeiro na noite de 15 de novembro de 1889. Posteriormente, essas estrelas seriam associadas aos estados da Federação. Referência ao pensamento do filósofo positivista francês Auguste Comte, uma faixa branca com a frase: “Ordem e Progresso” foi colocada sobre o círculo azul.

As cores de fundo da bandeira, amarelo e verde, passaram a ser associadas às características naturais do país. O verde representando as florestas e a riqueza da flora e da fauna. Já a cor amarela remete às riquezas minerais, a opulência do ciclo do ouro. Originariamente, as cores amarela e verde foram escolhidas para compor a bandeira imperial com o objetivo de representar as duas aristocracias que constituíram a primeira dinastia brasileira: a casa dos Habsburgo, da Áustria, e a casa dos Bragança, de Portugal.

Entre as curiosidades que norteiam a bandeira nacional, o Brasil é o único país que o desenho da bandeira respeita a posição astronômica das estrelas e ela deve ser atualizada caso seja criado ou extinto algum estado. Já da frase inspirada em Augusto Comte, originalmente, ele dizia: “O amor por princípio e a ordem por base, o progresso por fim”. E ao contrário do passado, hoje são poucos os que sabem o Hino da Bandeira de cor.

O que você mais gosta da bandeira nacional? Compartilhe:

Siga nosso podcast para receber minhas crônicas diariamente. Disponível nas principais plataformas: SpotifyGoogle Podcast e outras.

Antonio Penteado Mendonça

Advogado, formado pela Faculdade de Direito Largo São Francisco, com pós-graduação na Alemanha e na Fundação Getulio Vargas (FGV). É provedor (presidente) da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, ex-presidente e atual 1º secretário da Academia Paulista de Letras, professor da FIA-FEA e do GV-PEC, palestrante, assessor e consultor em seguros.