Solidariedade

A amiga do meu amigo tirou o casaco e o entregou à criança que olhava para ela com olhos de espanto e ternura. Olhos de quem não entende o que está acontecendo, de espanto diante da vida, no dia frio que arrepiava seu corpinho. A amiga do meu amigo não…

Continuar lendo

O tamanho do meu amor

Meu amor é vasto como o horizonte no mar. Linha clara que se estende por todo o infinito unindo o verde das águas com o azul do ar, meu amor se mistura ao céu – é parte do céu, porque é no céu que ele se funde aos anjos para…

Continuar lendo

A violência chega mais perto

Pode parecer incrível, mas os assaltos estão pipocando a menos de quatrocentos metros de uma base da Polícia Militar, o que, lamentavelmente, mostra que os bandidos perderam o respeito pela polícia, ou melhor, que sabem que não vai acontecer nada, que, se forem presos, em pouco tempo estarão de volta…

Continuar lendo

O sono e o telefone

E o senhor viu a sua obra e gostou do que viu. Então no sétimo dia ele descansou. Até deus, depois de criar o mundo, com todas as estrelas, e com as águas, e com os animais, e com os homens, até ele, depois de fazer a luz, no sétimo…

Continuar lendo

A igreja do Imaculado Coração de Maria

A igreja do Imaculado Coração de Maria fica na rua Jaguaribe, pertinho da avenida Angélica. É uma igreja imponente, construída no final do século passado para ser uma igreja imponente, numa das regiões então ricas e nobres da cidade. Pode-se dizer que a igreja do Imaculado Coração de Maria foi…

Continuar lendo

O começo do colégio

Em 1.549, vindos com o governador geral Tomé de Souza, os jesuítas chegam ao Brasil e instalam-se na Bahia, de onde iniciam uma obra hercúlea, com reflexos até hoje na vida brasileira. O seu chefe é um homem extraordinário, responsável por muito de bom que aconteceu nos primeiros anos de…

Continuar lendo

O frio veio

Não sei se fará mais frio ou não, mas o frio que fez na semana passada foi suficiente para fazer São Tomé acreditar nas mudanças climáticas sem precisar ver a chagas de Cristo. Fez frio como manda o figurino, como se espera de um dia de inverno na Alemanha, para…

Continuar lendo

Troféu queijo suíço

Com o abrandamento do coronavírus e a necessidade humana de sair de casa com ou sem pandemia, os grandes eventos, os realmente importantes, começam a voltar. Entre eles, uma das mais prestigiosas premiações urbanísticas, o famoso troféu “Queijo Suíço”, entregue à cidade mais esburacada do planeta, depois de uma votação…

Continuar lendo

A solidão definitiva

A cidade grande assusta. Assusta em qualquer lugar do mundo e pelos mesmos motivos. A cidade grande oprime e machuca, bate e não pede desculpas. A vida na cidade grande é solitária. São milhões de pessoas que se cruzam todos os dias, sem uma palavra que não seja no máximo…

Continuar lendo

Tempo de pôr do sol

São Paulo tem um dos mais belos pores do sol do mundo. O fim da tarde na cidade é deslumbrante. O céu fica vermelho e vai ganhando contrastes laranjas e bordôs, que criam um efeito de ficção científica que nos remete para o futuro, nos voos das espaçonaves interplanetárias. Também…

Continuar lendo