Paralelepípedos

  Paris tem paralelepípedos. Roma, Londres e Hamburgo também. Quer dizer, as ruas serem calçadas com pedras ou asfaltadas não faz muita diferença, o que faz diferença é a manutenção que é dada. São Paulo abriu mão dos paralelepípedos faz tempo. A maioria de nossas ruas é asfaltada. Os paralelepípedos…

Continuar lendo

Os carros e os caminhos

  Na década de 1990, o então Presidente Collor declarou que o Brasil não tinha carros, tinha carroças e que era hora de mudar aquele quadro. Sua primeira ação foi liberar a importação de veículos russos, marca Lada, que faziam nossas carroças parecerem carruagens. Dos primeiros Ladas aos dias de…

Continuar lendo

Solução para os buracos

  A cidade está esburacada. Algumas ruas parecem pistas de teste para tanques de guerra e tratores de esteira. Poucas estradas de terra, destas que cortam as fazendas do interior paulista, estão tão maltratadas quanto algumas de nossas principais avenidas. Nada de novo debaixo do sol. Na época em que…

Continuar lendo

Estrada de terra sem buracos

  Faz pouco tempo, fui passar o fim de semana num hotel fazenda em Itu. É bom às vezes sair da cidade e entrar de cabeça no campo, ainda mais numa região linda, com a paz do lugar se espalhando pelo corpo e pela mente. Foi uma viagem muito gostosa…

Continuar lendo

Paradoxos

De um lado, num trabalho incessante, em cooperação entre várias nações e dezenas de cientistas, depois de 25 anos, o ser humano consegue fotografar o impossível de ser fotografado. O buraco negro, um dos grandes mistérios do universo, mostrou sua cara. Marco na evolução da ciência, daqui para frente a…

Continuar lendo

Parabéns para o muro

O muro da USP fez aniversário. Um ano. Se alguma obra em São Paulo, entre as dezenas de barbaridades de todos os tipos, merece o título de monumento ao absurdo é o muro da USP. Ainda que construído com participação, apoio e consentimento da melhor universidade da América Latina, o…

Continuar lendo

O viaduto levantado

Pode parecer incrível, mas a Prefeitura deu conta de levantar o viaduto que cedeu na Marginal do Pinheiros. Na sequência, garantiu que não vai ser necessário demolir e reconstruir a ponte. Ao contrário, a recuperação deve começar rapidamente e assim causar o mínimo de estragos à futura rotina da cidade….

Continuar lendo