Crônica 7400

Um belo dia, vinte e nove anos atrás, resolvi propor ao João Lara, Diretor da Rádio Eldorado, levar ao ar uma crônica diária com temas e assuntos ligados à cidade de São Paulo. Assim nasceu a Crônica da Cidade, que foi ao ar pela primeira vez em outubro de 1992….

Continuar lendo

A florada dos hibiscos

Quando eu era mais moço, a cidade de São Paulo tinha uma quantidade enorme de hibiscos plantados ao longo dos muros das casas, nas praças e nos cemitérios. Com o passar dos anos, os hibiscos foram saindo de moda, substituídos por outras plantas diferentes, que hoje se espalham pela cidade,…

Continuar lendo

Por que não?

A pergunta não é por quê, a pergunta é: por que não? Por que é assim? Não tem por quê. Por que não é assim? Tem por quê. A diferença é imensa e explica tudo o que nem sempre conseguimos entender e que faz a diferença. Nem sempre temos condições…

Continuar lendo

Chuvas

Até mesmo a maioria das vezes em que entramos na mata, sentindo na hora o cheiro bom de terra úmida, some, completamente esquecida entre lembranças mais importantes, que também somem, engolidas pelo dia a dia da vida e pela sequência impressionante de experiências que vamos vivendo e que vão enterrando…

Continuar lendo

Rosa dos ventos

Qual o rumo de teu rumo? Que caminhos secretos te levam para mais próxima da felicidade? Que rota ou derrota comanda tua nau no longo percurso de tuas Índias? Para que latitude te leva teu portulano? Para que porto? E de que porto vieste? Em que terra esculpiram a carranca…

Continuar lendo

Carrinho de rolimã

Não tem criança que não saiba mexer em celular, tablet, computador e outras geringonças informatizadas. Faz parte do mundo moderno e, junto com elas, seguem jogos, filmes e penduricalhos e enfeites que de alguma forma alienam as mentes e fecham o coração. Era impressionante observar, antes da pandemia, a quantidade…

Continuar lendo

Personagens das crônicas

A cidade de São Paulo é o personagem mais importante das Crônicas da Cidade. É ela quem dá o tom, alegre ou triste, com que narro os fatos que vejo – ou imagino, o que, às vezes, pode ser muito mais belo. São Paulo é um universo que pulsa através…

Continuar lendo

Nenhuma mulher foi mais amada que você

Na longa aventura do ser humano sobre a terra milhares de mulheres, milhões de mulheres, foram muito amadas, mas nenhuma foi mais amada que você. Por causa do amor de Adão por Eva, amor infinitamente grande, perdemos o paraíso. Por causa do amor de Paris por Helena uma guerra durou…

Continuar lendo

Amor não tem explicação

Por que as pessoas se apaixonam e amam? É uma resposta difícil e cada um vai dar um argumento, todos válidos, porque cada um tem uma razão para achar sobre um tema que não tem explicação. Por mais que os analistas e terapeutas digam que sabem, por mais que o…

Continuar lendo

Os Ipês Brancos

Os ipês brancos são os mais delicados, os mais sensíveis e os mais breves na longa série de floradas dos ipês de todos os tipos. Os ipês roxos são resistentes, longevos, a florada se estende por semanas, enfeitando as ruas e praças da cidade, plantados nos locais mais inusitados, como…

Continuar lendo