Depois da curva

Depois da curva deveria surgir uma praça. Praça de bairro, pequena, sem grandes surpresas, sem grandes investimentos, um parquinho com gangorra e balanço, um tanque de areia para as crianças brincarem, meia dúzia de bancos debaixo das grandes árvores centenárias que sombreiam a área, uma banca de jornal e mais…

Continuar lendo

Pernilongo e borrachudo

  Imagine um torturador marciano em frente de um prisioneiro terráqueo de quem ele deseja saber o segredo da pedra filosofal. A pedra filosofal dá poderes impressionantes aos que conhecem seus segredos, mas será que nosso herói tem força física e moral para suportar a tortura prestes a desabar sobre…

Continuar lendo

O que é arte?

O que é arte? Como definir o que é arte e o que não é? Só a opinião de quem se diz entendido evidentemente é pouco. Basta lembrar que, durante toda sua vida, Van Gogh vendeu uma única tela, comprada por seu irmão para ajudá-lo. Quanto vale um Van Gogh…

Continuar lendo

Abdicação, deposição e renúncia

  Você sabe qual a diferença entre abdicar, ser deposto e renunciar? São diferenças gritantes que, no Brasil, ainda trazem a questão temporal. Voltando na história, o primeiro Imperador, D. Pedro I, a quem devemos a independência de Portugal, foi obrigado a abdicar do trono em favor do seu filho,…

Continuar lendo

Os flamboyants

  O ano está chegando ao fim. Sei disso porque a cidade está enfeitada para o Natal, os papais-noéis estão sentados em suas cadeiras nos shoppings centers e as promoções começam a pipocar para convencer pais e avós a abrirem o bolso em favor da descendência. Isso tudo é verdade…

Continuar lendo

O seu dia não é o meu dia

Não é verdade que os dias são iguais para todo mundo. Cada dia tem suas particularidades comuns, mas elas são muito menores do que as diferenças e as divergências que afetam ou não as pessoas. O dia ser ensolarado é uma certeza, da mesma forma que chover também é um…

Continuar lendo

As chuvas estão chegando

  O mundo olhava para Veneza, inundada como fazia tempo que não acontecia, e a chuva começava a cair no Espírito Santo. No começo, chuva forte, mas sem assustar. Rapidamente a situação mudou. A chuva manteve a intensidade, os rios começaram a subir, as inundações começaram a bater nas cidades….

Continuar lendo

Lendas brasileiras

  Quando eu era menino, na fazenda de Louveira, um dos melhores programas era caçar. Tanto fazia se no Matão, no Matinho do Motor, nos eucaliptais, bom, bom mesmo, era entrar no mato na boca da noite e ficar até umas dez horas pitando cigarro de palha, sentado perto do…

Continuar lendo

Sonhar alto é a melhor vingança

O tempo parado no trânsito pode ser usado de várias formas. Pode ser simplesmente perdido, pode servir para amadurecer decisões, pode servir para sonhar e até criar novas esperanças. Cada um é cada um. Assim, cada um sabe de si, do que quer fazer da vida. Se vale a pena…

Continuar lendo

Lição de humildade

  Tem certos dias em que me sinto muito importante ou, ao contrário, acho que o mundo não gosta de mim. O melhor jeito para resolver as duas situações é descer no Pronto Socorro da Santa Casa de São Paulo e dar uma andada pelos corredores normalmente sem macas, vendo…

Continuar lendo