Considerações sobre um sentimento estranho

Eu sei que sinto mas não sei explicar o que sinto. É um frio que nasce na beira da espinha e se espalha pelo corpo, e toma o coração e o aperta… E o aperta… Não sei como, nem porque, sei que o coração fica pequeno e depois cresce de…

Continuar lendo

Intérpretes de deus

Encantado com suas obras, Deus decidiu que precisava alguém que a compreendesse, que admirasse a sua sutileza e se maravilhasse ante o indescritível. O universo girando na dança maravilhosa das galáxias cortadas pelos cometas, a explosão dos sóis, a formação dos planetas, a vida… Deus queria dividir sua obra maior…

Continuar lendo

Chegada

Tua chegada tem algo de mágico, de alquimia antiga, de presságio. Algo que fala à alma e mexe com o corpo, abrindo os olhos para realidades além da realidade. Vens como brisa, leve como o fremir da asa de um beija-flor, arrepio que eu pressinto nascendo na base das costas…

Continuar lendo

Velhinha e o mar

Desde que o mundo é mundo, ou melhor, desde que o ser humano saiu das águas e na longa evolução das espécies aprendeu a andar de pé, que a saudade atávica de um passado nem vagamente imaginado o atrai com a força dum imã de volta para o mar. Dentro…

Continuar lendo

De quem é o texto?

O texto é do autor até o momento em que é publicado. Aí deixa de ser. Ele passa a ser de todos que o lerem, todos que se interessarem ou discutirem o tema e suas premissas. O autor escreve o texto, pensa o tema, aprofunda, se informa, analisa, estuda a…

Continuar lendo

A poesia, às vezes, passa com pressa

A hora do almoço deveria ser uma hora de descanso, de calma, e de introspeção, para se dar graças a deus pelo alimento recebido. Deveria ser um instante de trégua na luta pela vida. Um momento onde os homens de boa vontade se sentassem diante do prato de comida sem…

Continuar lendo

O presente

Nunca é tarde demais para se querer dar o mundo para quem a gente ama. Que é o mundo diante do sonho? E que é o sonho se não a mola do amor? O mundo é grande? Meu amor é maior. Que me importa se o mundo não cabe na…

Continuar lendo

O nome da felicidade

Pouca coisas no mundo ameaçam a estabilidade de um casamento como uma estrada. Não há, na longa história dos carros e das estradas, mulher que não tenha brigado com o marido por conta dele correr demais. Também não tem marido que não tenha ficado pelas tampas com a amolação da…

Continuar lendo

Constância

Quando as estradas de tão velhas não levarem mais a lugar algum, estendendo-se como grossas cicatrizes sobre a terra longamente machucada pelas mãos humanas que a submeteram e a sugaram, até arrancar de seu seio a última seiva. Quando as cidades forem só ruínas antigas que a mata esconde na…

Continuar lendo

Tua presença dentro de mim

Tua presença dentro de mim tem sido uma constante, como o ar que respiro ou o meu sangue. há anos tens sido rocha, ou cordilheira, coberta de mata e com vales profundos, onde caem as águas das cachoeiras das encostas. Há anos tens sido a esperança que mata a sede…

Continuar lendo