Chuva

Eu preciso da chuva como a terra. Preciso senti-la entrar em mim e me revitalizar, num beijo molhado que desce pelo corpo e entra na alma.Preciso da chuva como a árvore. Preciso dela para refazer minha seiva, para limpar minhas folhas, para me fazer crescer. Eu preciso da chuva como…

Continuar lendo

A felicidade de olhos tristes

Pode parecer incrível, mas a felicidade, às vezes, aparece de olhos tristes. Olhos infinitamente tristes, como se a certeza de que ela acabará em pouco tempo deixasse, já bem antes do fim, a sua sombra sobre a lembrança de momentos, de instantes, que poderiam ter sido muito maiores, mas que…

Continuar lendo

Os dias bons

Existem dias em que no momento em que a gente acorda fica claro, sem nenhuma razão mais explícita, que ele vai ser uma tragédia. Que tudo dará errado, que as coisas não correrão da melhor forma e que o ideal seria ficar na cama, torcendo para ela não desabar ou…

Continuar lendo

O tombo do noivo

Depois de quatro anos comendo pão que o diabo amassou, ele imaginou-se livre da megera… Ser noivo nunca tivera graça, pelo menos para ele, engajado com um monstrinho de saias, que por quase um lustro o atormentou de todas as formas, inclusive as não pensadas pela inquisição espanhola. Ao conhecê-la,…

Continuar lendo

O gesto

Teu gesto tem qualquer coisa de eterno, de muito antigo. Como se ele exprimisse o primeiro sentimento de carinho da primeira mulher, ele fala de coisas quentes, de sensações boas, de proteção e de segurança. Ele fala da enorme responsabilidade de criar e manter o lar. De fazê-lo acolhedor. De…

Continuar lendo

Eternamente

Quando o caos dominava o mundo e a palavra ainda não fora dita, eu já te amava. Te amava antes da idade das coisas, em ondas que cortavam o universo, trombando com outras ondas, todas correndo sem sentido e sem ordem, exceto aquela em que estava o meu amor. Depois,…

Continuar lendo

O São Paulo massacrado

Certos domingos não deveriam acontecer. Tem quem vai dizer que não apenas domingos, que vários outros dias não deveriam acontecer. Mas eu insisto, certos domingos não deveriam acontecer. É o caso de 3 de abril de 2022. O domingo amanheceu com a notícia da morte da grande dama da literatura…

Continuar lendo

Tua presença

Tua presença tem algo de mágico, algo de incomensuravelmente antigo, algo bom como a terra no começo dos tempos, como a vida antes do pecado original. Ela fala de sonhos quando os sonhos eram possíveis, e as aventuras rotina. Tua presença me remete para outro tempo fora do tempo, onde…

Continuar lendo

Teus olhos

Serão teus olhos o espelho de tua alma? Às vezes eles brilham com tal intensidade que todo o ouro do mundo, ainda que guardado num único lugar, não teria tanto brilho. Eles cintilam como os diamantes das coroas dos reis. Faíscam pensamentos rápidos que os deixam alegres como os olhos…

Continuar lendo

Cachaça não é água

Você pensa que cachaça é água? Cachaça não é água, não; cachaça vem do alambique e água vem do ribeirão. Você pensa que a vida é fácil, a vida não é fácil, não. A vida pega pesado, você querendo ou não. Pode me faltar tudo na vida, arroz, feijão e…

Continuar lendo