O tamanho do meu amor

Meu amor é vasto como o horizonte no mar. Linha clara que se estende por todo o infinito unindo o verde das águas com o azul do ar, meu amor se mistura ao céu – é parte do céu, porque é no céu que ele se funde aos anjos para…

Continuar lendo

A igreja do Imaculado Coração de Maria

A igreja do Imaculado Coração de Maria fica na rua Jaguaribe, pertinho da avenida Angélica. É uma igreja imponente, construída no final do século passado para ser uma igreja imponente, numa das regiões então ricas e nobres da cidade. Pode-se dizer que a igreja do Imaculado Coração de Maria foi…

Continuar lendo

Antigamente

Antigamente os pores do sol eram mais vermelhos, as luas cheias mais cheias e o azul do céu mais azul. Antigamente o mar quebrava de outro jeito na areia da praia. Os sabiás cantavam mais comprido e o voo dos pardais enchia as praças da cidade com a algazarra das…

Continuar lendo

A presença do meu amor

O que pode ser mais belo do que o sol nascendo no mar? Vê-lo lentamente se erguer sobre as águas escuras, tingindo primeiro de laranja, depois de vermelho, a linha do horizonte e a seguir, como que devorando as trevas, o próprio oceano? Sentir na pele o arrepio do seu…

Continuar lendo

Tempo de pôr do sol

São Paulo tem um dos mais belos pores do sol do mundo. O fim da tarde na cidade é deslumbrante. O céu fica vermelho e vai ganhando contrastes laranjas e bordôs, que criam um efeito de ficção científica que nos remete para o futuro, nos voos das espaçonaves interplanetárias. Também…

Continuar lendo

Velhos de cara nova

Os carros velhos mudaram de car. Estão mais sofisticados, mais cuidados, mais bem tratados e andam mais, correm, param, parecem carros novos. Os carros velhos de alguns anos atrás eram carroças pré-Collor, enferrujadas, com ronco feio, parecendo tosse de cavalo, pinos batendo, porta-malas fechado com corda e por aí a…

Continuar lendo

Gente que faz

São Paulo é uma cidade dura, que segue em frente levando no lombo vitoriosos e derrotados com a mesma indiferença com que há 470 anos se espalha pelo planalto, largando para trás, abandonados ou em ruínas, bairros que nos seus dias foram os melhores da cidade. São Paulo não para,…

Continuar lendo

O alimento do amor

Não há amor que sobreviva sem esperança. A esperança é o alimento do amor. Para que um amor floresça, dando o que o verdadeiro amor pode dar, é necessário que haja a possibilidade dum depois, de um momento, ainda que no futuro distante, onde o amante e a amada possam…

Continuar lendo

Amizade

Amizade é coisa séria. Não se encontra em toda esquina, nem é material à venda nas prateleiras das redes sociais. E amizade não tem preço. É bom, é doce, é quente e faz bem. Apesar de dizer que não, que os amigos estão todos ali, à sua volta, interagindo com…

Continuar lendo

Chuva

Eu preciso da chuva como a terra. Preciso senti-la entrar em mim e me revitalizar, num beijo molhado que desce pelo corpo e entra na alma.Preciso da chuva como a árvore. Preciso dela para refazer minha seiva, para limpar minhas folhas, para me fazer crescer. Eu preciso da chuva como…

Continuar lendo