Gente que faz

Tem gente que faz, gente que finge que faz, mas não faz, e gente que faz mais ou menos, o célebre “meia boca”, que, invariavelmente, acaba sendo pior do que não fazer. Cada um sabe de si e não sou eu que vou julgar os outros. Sou advogado por opção….

Continuar lendo

As árvores caem

Entre janeiro e meio de março caíram perto de duas mil e quinhentas árvores na cidade de São Paulo. A média é de 37 árvores por dia, número apavorante, se pensarmos que muitas são árvores grandes, algumas mais do que centenárias, capazes de causar estragos de monta se caírem em…

Continuar lendo

As paineiras floridas

Você já deve ter percebido que as paineiras estão florindo. Mas elas estão fazendo isso antes da hora. As paineiras não florescem antes da Páscoa. Elas não invadem o campo das quaresmeiras. As paineiras são educadas demais para isso. Então o que levou as paineiras a furarem a sequência das…

Continuar lendo

As praças e as praças

São Paulo tem um bom número de praças espalhadas pela sua imensa área. São espaços de todos os tipos e tamanhos, cuidados e não cuidados, tomados pelo lixo e pelo mato, limpos, agradáveis, com mosquitos, ratos, baratas, cachorros educados, crianças educadas e nem sempre tão educadas, enfim, com todos os…

Continuar lendo

Quando o vizinho se torna um problema

Nem sempre é fácil evitar conflitos, mas é a melhor maneira Quem é que nunca se incomodou ou teve uma desavença com um vizinho? Viver em sociedade não é fácil, nem sempre um sabe respeitar os limites e os direitos dos outros. Geralmente, os conflitos acontecem por pequenos motivos, como…

Continuar lendo

Orgulho de ser são-paulino

As glórias do São Paulo Futebol Clube se perdem na história do esporte, remontam ao começo dos campeonatos, segue rija e forte ao longo de todo o século 20, se plasma nos campeonatos mundiais e brilha radiosa em cima do Morumbi, um estádio construído sem malandragem com o governo. Ser…

Continuar lendo

O viaduto voltou

É raro, mas é sempre bom escrever elogiando a administração pública. Hoje a Crônica presta uma homenagem à Prefeitura de São Paulo. O viaduto da Marginal Pinheiros foi reaberto no fim de semana de 16 de março. Se eu fosse megalomaníaco, diria que foi para homenagear minha irmã que nasceu…

Continuar lendo

A importância do queijo

Ao contrário do nhoque, que não existe, portanto não faz diferença, o queijo faz toda a diferença. Uma casa que tem queijo tem tudo. Já uma casa sem queijo, ainda que tendo a geladeira cheia, não tem nada. A felicidade na próxima vida está num céu cheio de queijo. Não…

Continuar lendo

Um matagal chamado Casa do Bandeirante

A Casa do Bandeirante é uma construção colonial paulista, encravada na Praça Monteiro Lobato, num canto da City Butantã. Deveria ser um museu com acervo do período bandeirista, acervo este que durante anos ficou lá, meio que sem ninguém para cuidar, e que, de repente, duas administrações atrás, sumiu, com…

Continuar lendo

O seu dia não é o meu dia

Não é verdade que os dias são iguais para todo mundo. Cada dia tem suas particularidades comuns, mas elas são muito menores do que as diferenças e as divergências que afetam ou não as pessoas. O dia ser ensolarado é uma certeza, da mesma forma que chover também é um…

Continuar lendo