Os motoristas de aplicativo

  A maioria dos motoristas de aplicativo nunca pensou em ser motorista de aplicativo, até precisar ser, por falta de opção. Conversando com eles, descobrimos que são pedreiros, encanadores, carpinteiros, advogados, engenheiros, médicos, empresários de todas as áreas e setores. A maioria, vítima da crise absurda que se abateu sobre…

Continuar lendo

O mensageiro do vento

  Depois de anos pendurado num lustre no terraço lá de casa, o mensageiro do vento começou a sentir os efeitos do tempo. Primeiro arrebentou o barbante que segurava um dos tubos de metal; depois, quando eu troquei o barbante arrebentado e recoloquei tudo no lugar, arrebentou o fio guia…

Continuar lendo

A vida humana não vale mais nada

  O Brasil conseguiu reduzir em 22% o número de homicídios. O dado é do Ministro da Justiça, portanto, merece credibilidade. É um número para ser comemorado. Mas é um número que as notícias apagam, diante dos fatos publicados dando conta de toda sorte de barbaridades. Crianças assassinando outras crianças….

Continuar lendo

Gente que faz

  São Paulo é triste, cinza, sem árvores. Será? Olhe em volta! Os parques, dependendo da região, são lindos; a cidade está colorida e as pessoas fazem, agitam, vivem intensamente, no ritmo frenético da cidade que não dorme. São Paulo corre 24 horas por dia. Tanto faz a hora, as…

Continuar lendo

Abacate e jabuticaba

  Abacate é abacate e jabuticaba é jabuticaba. O duro é explicar isso para quem nunca viu abacate, nem jabuticaba. Abacate é grande, normalmente verde, com a carne densa e um enorme caroço no meio. Jabuticaba é pequena, normalmente preta ou marrom escura, com polpa quase líquida e caroços insignificantes….

Continuar lendo

Jacarandá mimoso

  A vida não para, o tempo não para, as emoções não param. É assim porque é assim. Se fosse de outro jeito, não seria assim. Como não é, então está tudo certo. Bola pra frente que atrás vem gente. Os ipês vieram, viram e se foram. Agora é o…

Continuar lendo

Os semáforos continuam abrindo ao contrário

  Não sei por que eu me espanto ou me irrito. Os semáforos continuam abrindo ao contrário porque não aconteceu nada para eles abrirem em outra ordem. Nenhum anjo desceu do céu com sua espada de fogo, nenhuma entidade da mata saiu das florestas da serra para encantar os computadores…

Continuar lendo

Mudança de estação

  Será que o frio foi embora? Estamos na antecâmara da primavera, mas, em época de furacão Dorian, incêndios no Ártico e queimadas pelo mundo todo, fica a pergunta: será que o frio foi embora? A época não seria mais dele, ao contrário, seria de dias lindos, azuis e floridos,…

Continuar lendo

A culpa não é da BMW

  A perua BMW branca atravessou o semáforo vermelho como se não tivesse amanhã, como se seu motorista fosse o dono da cidade. Não é que atravessou entre o amarelo e o vermelho, não. O semáforo estava vermelho e um motoqueiro já estava cruzando a rua quando teve que brecar…

Continuar lendo

139 milhões de pets

  Pasme, o Brasil tem mais de cento e trinta e nove milhões de animais de estimação. Estatisticamente, quer dizer que temos mais de um pet por casal. O número é impressionante. Pode-se dizer, descontado o exagero, que todo brasileiro tem um animal de estimação. A notícia tem dois lados:…

Continuar lendo